O Palmeiras enfrentou o clube argentino Boca Juniors, nessa quarta-feira à noite (11), por mais uma rodada da Copa Libertadores da América. O Verdão é um dos favoritos para conquistar a competição, pois tem o elenco mais valioso da América do Sul nesta temporada.

O jogo foi na arena Allianz Parque foi, até o momento, o jogo de maior expressão da competição, mas foi um empate em 1 a 1. O meio-campista venezuelano Alejandro Guerra deu um excelente passe para o ponta-atacante Keno finalizar e abrir o placar, próximo ao final do jogo, favorável ao Verdão.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Palmeiras

O gol de Keno foi marcado aos 45 minutos do segundo tempo. Porém, dois minutos depois, aos 47 do segundo tempo, em uma bola rebatida dentro da área, Carlos Tévez, que havia entrado no segundo tempo, finalizou e marcou a favor do Boca Juniors, empatando a partida em 1 a 1.

Provocação!

Com isso, o jogador do time argentino saiu comemorando muito e de forma provocativa, com as mãos no ouvido. Após a partida, ele explicou que o haviam xingado e vaiado a partida toda. Por isso, não tinham o direito de reclamar de sua comemoração.

Carlito Tévez tem um histórico contra o Palmeiras, pois já jogou no arquirrival Corinthians e já atuou em alguns clássicos contra o Verdão. O argentino não deixou de provocar, falando que se sente bem jogando contra o Palmeiras, o que soou muito mal entre os torcedores palmeirenses.

Agora o Verdão continua como líder do grupo, mas poderia ter aberto uma ampla vantagem e, praticamente, garantido a classificação para a próxima fase. Entretanto, já é quase certo que, neste grupo, quem irá passar é o Palmeiras e o Boca Juniors.

Durante a partida, a torcida palmeirense fez muitas provocações aos argentinos, inclusive citando, muitas vezes, o nome de Pelé.

Favorito para a Liberta?

Palmeiras e Boca Juniors talvez sejam os maiores favoritos para conquistarem a Copa Libertadores da América desta temporada, pois as duas equipes têm elencos muitos valiosos e também são donos de grandes tradições na competição.

Apesar de ter ganhado somente uma, o Palmeiras já disputou diversas finais e sempre esteve presente nas disputas pela Libertadores, já tendo metido uma goleada histórica no Boca, por 6 a 1.

O Boca Juniors tem tradição como vencedor da competição. O clube argentino é o segundo maior campeão da competição, com seis títulos, perdendo apenas para o rival Independiente, que sete e uma grande tradição [VIDEO] no torneio.