Detestado por uns, adorado por outros. A verdade é que toda semana o ex-jogador e agora apresentador José Ferreira Neto, o simplesmente Neto, é semanalmente é assunto entre os torcedores, seja por conta de uma declaração polêmica [VIDEO], comparações – às vezes absurdas – entre jogadores, ou simplesmente por fazer pura provocação.

Suas declarações fortes durante seu programa, “Os Donos da Bola”, uma das maiores audiências da Rede Bandeirantes, [VIDEO]repercutem nas redes sociais e, às vezes, causa a ira de dirigentes de clubes, que já chegaram até a barrar a ida de jogadores na atração da hora do almoço.

Atitude e retorno

A Rede Bandeirantes não parece se incomodar com as frequentes polêmicas que seu funcionário se envolve, tanto que está prestes a tomar uma atitude com relação a ele.

De acordo com o colunista Flávio Ricco, a emissora da Barra Funda irá propor a renovação de seu contrato. Segundo o jornalista, até o meio da próxima semana o martelo deve ser batido para um novo acordo.

Além de ser uma das maiores audiências do canal, mesmo com a Band há dois anos deixando de transmitir os jogos do Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e estaduais, a atração também rende muito dividendos, sendo uma das recordistas em ações de merchandising.

Polêmicas e mais polêmicas

Ao longo de sua carreira na televisão, Neto se evolveu sem várias polêmicas, seja com treinadores, jogadores ou até mesmo colegas de emissora. Em 2010, durante o programa “Jogo Aberto”, o então comentarista protagonizou uma forte discussão com Benjamin Back, hoje na Fox Sports. Neto defendia a convocação de Ronaldo Fenômeno para a Copa que seria disputada naquele ano, enquanto que Benja queria outro jogador.

Por conta da discussão Benjamin pediu demissão dias depois.

Ainda em 2010, foi a vez da polêmica envolver o ex-goleiro Marcos. Incomodado com as comparações feitas com Rogério Ceni, e ídolo palmeirense disparou: “Na minha casa não entra mau-caráter. Sou amigo de bom caráter. Não entra cara que cospe na cara de juiz”, disse.

Tendo forte identificação como Guarani, em 2015 o ex-jogador fez provocações a rival Ponte Preta. O fato deixou os dirigentes da Macaca revoltados, que vetaram a participação dos jogadores do time na atração da Band.

No último domingo (8), após o Corinthians bater o Palmeiras nos pênaltis e conquistar o bicampeonato paulista, o comentarista postou um vídeo nas redes sociais. Repleto de palavrões e muito eufórico ele disparou diversas provocações ao grande rival do alvinegro e ainda chegou a abaixar a bermuda.