Bastaram apenas duas rodadas para que o Campeonato Brasileiro conhecesse seu primeiro técnico a deixar o cargo [VIDEO]. Enquanto muitos achavam que Rogério Micale, do Paraná Clube, ou até mesmo Mano Menezes, do Cruzeiro fossem os primeiros a puxar a fila, visto que suas equipes são as únicas que ainda não pontuaram na competição, o técnico Nelsinho Baptista surpreendeu ao anunciar sua saída do Sport Recife, em entrevista coletiva convocada por ele mesmo. Esta tinha sido a terceira passagem do treinador pelo clube, pelo qual conquistou o título da Copa do Brasil, em 2007.

O treinador se mostrou visivelmente irritado com a diretoria do clube pernambucano.

“Estou fora do Sport”, anunciou o treinador agradecendo aos torcedores, mas afirmando que não conseguia trabalhar com “pessoas desse tipo”. “Enganar torcedor, jogador e os problemas são sempre dos outros", disparou o treinador, afirmando que os maiores problemas do clube são fora de campo e não dentro.

Os problemas citados pelo agora ex-treinador podem ser referentes a brigas políticas e a crise financeira que o clube atravessa. Para piorar a situação, o time no começo da temporada perdeu André e Diego Souza, suas principais estrelas, para Grêmio e São Paulo, respectivamente, e ainda tem convivido com questionamentos sobre processos judiciais e dívidas.

Terceira passagem pelo Leão

A terceira passagem de Baptista pelo Leão durou quatro meses. Ele foi contratado no ano passado, após o time se safar do rebaixamento para a Série B na última rodada, porém os resultados dentro de campo foram longe do esperado.

Em 17 partidas à frente da equipe, foram sete vitórias, sete empates e apenas três derrotas.

O problema é que uma dessas derrotas tirou o time da decisão do campeonato estadual e um dos empates, contra o Ferroviário, acabou custando a eliminação ainda na segunda fase da Copa do Brasil [VIDEO] nas penalidades. No Campeonato Brasileiro o time estreou perdendo fora de casa para o América por 3 a 0 e nesta segunda empatou em 1 a 1 com o Botafogo, na Ilha do Retiro, o que derrubou o a equipe para a zona de rebaixamento.

Mesmo sem sair de campo sem vencer, a equipe foi aplaudida pelos torcedores – lembrando que o goleiro do Gatito, do Botafogo, foi um dos melhores em campo -, e na entrevista coletiva Baptista não deu mostras de que sairia, chegando a afirmar que manteria o esquema tático adotado, o que fez o pedido de demissão ser ainda mais surpreendente.

O Sport volta a jogar no próximo domingo (29), na Vila Capanema, contra o também ameaçado Paraná Clube.