O Palmeiras foi vice-campeão do Campeonato Paulista e agora vira duas atenções para o Campeonato Brasileiro. Estreia contra o Botafogo-RJ, fora de casa, nesta segunda-feira (16). Será o primeiro reencontro entre o Verdão e Alberto Valentim, ex-técnico.

Valentim foi campeão carioca com o clube da Estrela Solitária. Antes de chegar Roger Machado, ele era o técnico. Efetivado. Mesmo com bons resultados, caiu. Não conseguiu segurar a pressão e foi demitido.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Não quis seguir como auxiliar no Palmeiras e queria cargo de técnico. Foi para o Rio de Janeiro.

Sem prioridade

A diretoria já conversou com a comissão técnica e foi definido que o Palmeiras não deverá priorizar nenhum tipo de competição.

Em 2017, ao priorizar a Copa Libertadores, o Verdão perdeu a chance de encostar no Corinthians na classificação geral. Eliminado pelo Barcelona-EQU em casa, a distância ficou muito grande e o rival foi campeão. Não teve muito que fazer.

Caso Scarpa

Antes de ser confirmado como o mais novo reforço do Palmeiras, o meia Gustavo Scarpa processou o Fluminense por diversos fatores. Atrasos de salários, não pagamento de INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e direitos de imagem. A insatisfação do jogador com o clube era bem notória.

Scarpa conseguiu a autorização na Justiça e negociou com o Palmeiras. Porém, há um mês, a liminar que o liberava para jogar pelo clube paulista caiu. Scarpa teve que começar treinos em academia particular e ter preparação própria. Não pôde mostrar nenhum tipo de vínculo com o Alviverde.

Nesta segunda-feira (16), uma nova audiência está agendada. Às 11h, na 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro [VIDEO], a juíza Dalva de Macedo vai apreciar o caso. Ela pode até bater o martelo pela sentença, mas existe enorme probabilidade da juíza conceder diálogo para um rompimento amigável.

Se for por esse caminho, Scarpa pode abrir mão de alguns valores ou até do valor total para poder desempenhar seu papel como jogador novamente. O jogador e seus empresários já receberam valores do Palmeiras.

Se a juíza proibi-lo de jogar e mantiver o vínculo com o Fluminense [VIDEO], uma nova conversa será agendada com o Alviverde. Os valores podem ser ressarcidos e o meia resolver sua vida. Mas essa questão só será analisada e discutida em último caso.

Roger Machado sente falta de um jogador como Scarpa. Já disse em algumas entrevistas que o meia faz falta e que quer contar com o jogador. O jurídico do clube, que trabalha muito bem, fará todos os esforços para liberá-lo do Fluminense.

Hoje a novela terá fim.