Torcedor brasileiro: prepare a pipoca, o sofá e a poltrona. A partir deste sábado, 14, a maior competição de clubes do país inicia com a promessa de grandes jogos, até por uma peculiaridade que diferencia esse Brasileirão dos anteriores. Dessa vez, em 2018, todos os chamados "grandes" clubes estão na Série A e medirão forças dentro daquele que é, por muitos, considerado o campeonato mais difícil do mundo.

O retorno de todos os gigantes se dá pela volta do Internacional, de Porto Alegre, que viveu um ano atípico de sua história em 2017, com a disputa da Série B. Apesar de não ter vencido a segundona, o colorado subiu em segundo e enfrenta, no domingo, o Bahia, no Beira-Rio. Os considerados grandes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos), os do Rio de Janeiro (Botafogo, Flamengo, Vasco da Gama e Fluminense), os de Minas Gerais (Cruzeiro e Atlético-MG), além da dupla Gre-Nal, do Rio Grande do Sul, engrandecem o campeonato.

A largada será dada neste sábado, a partir das 16h, no Mineirão, em Belo Horizonte. A partir desse horário, o Cruzeiro recebe o Grêmio em um confronto que reúne dois dos considerados favoritos ao título, até pelo retrospecto recente: enquanto a Raposa vem do título da Copa do Brasil e do Mineiro, o Grêmio tem no currículo desde 2017 a Libertadores, a Recopa Sul-Americana e o Gauchão.

A rivalidade entre essas duas equipes têm crescido nos últimos anos.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Brasileirão

Em 2016, ano que o Grêmio quebrou o jejum de 15 anos sem grandes títulos, o Cruzeiro foi derrubado pelo tricolor gaúcho na semifinal da Copa do Brasil. Mas o troco foi dado nessa mesma fase e na mesma competição no ano seguinte. Na véspera do duelo, os elogios foram mútuos.

"Será um grande jogo, pois sempre é. Nós temos um histórico de bons confrontos e boas partidas. É sempre um adversário duro, muito ompetitivo.

Mas esperamos fazer o nosso ritmo para que a gente possa buscar o resultado e conquistar os nossos objetivos", projetou o zagueiro cruzeirense Léo, que surgiu no futebol brasileiro em 2007 com a camisa do Grêmio

Também no sábado, outros dois jogos movimentam o dia inaugural do Brasileirão 2018. No Barradão, em Salvador, o Vitória recebe o badalado Flamengo a partir das 19h. Um pouco mais tarde, 21h, o Santos recebe no Pacaembu o Ceará, que ao lado de Inter, América-MG e Paraná está de volta à Série A nesta temporada.

Domingo e segunda reservam grandes partidas

Outras sete partidas completam a primeira rodada, com cinco delas sendo jogadas no domingo e outras duas na segunda-feira - dia relativamente "novo" no futebol brasileiro e que terá continuidade na edição desse ano. No domingo, uma das atrações é a estreia do atual campeão, Corinthians, que recebe os meninos do Fluminense, em São Paulo.

Do ano passado para cá, o Timão manteve a base, com exceção do atacante Jô e do lateral-esquerdo Guilherme Arana, e ainda incorporou bons valores como Henrique, Sidcley, Renê Júnior e Matheus Vital.

Os experientes Ralf e Emerson Sheik também retornaram para o time que segue sendo dirigido por Fábio Carille, bicampeão paulista.

América-MG x Sport, Internacional x Bahia, Vasco da Gama x Atlético-MG e Atlético-PR x Chapecoense completam as partidas marcadas para domingo. Na segunda-feira, com os dois confrontos iniciando no mesmo horário das 20 horas, dois paulistas dão a largada no certame nacional.

Em casa, o São Paulo do técnico uruguaio Diego Aguirre recebe o Paraná Clube, que volta à elite depois de 10 anos, enquanto o Palmeiras do comandante Roger Machado vai visitar o Botafogo, do jovem técnico Alberto Valentim, no Estádio Engenhão, casa do Fogão, no Rio de Janeiro.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo