O Corinthians, desde o início da temporada, vem procurando por um centroavante para assumir a camisa nove nesta temporada, pois o clube optou por vender o centroavante Jô ao Nagoya Grampus, do Japão, por quase R$ 40 milhões.

Até o momento, a torcida vem pedindo muito a contratação de um jogador para assumir esta posição, mas até agora a diretoria corintiana ainda não conseguiu contratar nenhum homem de referência para a grande área.

O grande destaque do Corinthians na temporada é o técnico Fábio Carille, que conseguiu, com um elenco limitado, ser campeão do Campeonato Paulista, de 2018, e também vem fazendo um bom início na Copa Libertadores da América, mas o treinador do Timão já vem pedindo, há muito tempo, a vinda de um centroavante.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Negócio fechado

Fábio Carille, como não tem um 'homem gol' para ser centroavante, utiliza alguns jogadores como 'falso nove', até o momento são utilizados Emerson Sheik ou Danilo para a posição, isso porque eles são mais experientes e também têm qualidade na finalização, mas não é a mesma coisa de ter um jogador próprio para assumir a posição.

Anteriormente, Carille utilizava o paraguaio Romero. Entretanto, o Timão está muito próximo de anunciar um jogador para assumir a posição do alvinegro de Itaquera.

O Corinthians já acertou com o centroavante Roger e só está aguardando o atleta vir para assinar o contrato para defender o Timão nesta temporada. O jogador já rescindiu o seu contrato com o Internacional e não vai mais aos treinos do Colorado.

No entanto, a diretoria do alvinegro de Itaquera deve cumprir o esperado pela torcida do Timão, que é um homem de referência na grande área.

Mais reforços?

O presidente Andrés Sanchez afirma que quer apostar no 'bom e barato' para trazer reforços nesta temporada de 2018, a maioria deles deve ser jovens atletas para formarem uma equipe do Corinthians para o futuro.

O objetivo de Andrés é conseguir, nos anos conseguintes, montar uma dinastia corintiana.

Ele conta que não adianta contratar jogadores de 10, 15, 20 milhões, e este está sendo o atual erro do Futebol moderno, que está apostando no agora e não no futuro.

Muitos jovens estão chegando ao elenco corintiano. Andrés afirma que, no mínimo, sete ou oito atletas chegarão para reforçar o elenco do alvinegro de Itaquera, ainda nesta temporada, mas estes chegam para um projeto do futuro, porém, é claro que o Corinthians quer ganhar títulos neste ano.