O Corinthians perdeu, no início da temporada, o principal jogador de seu elenco, o centroavante, que foi artilheiro e craque do Campeonato Brasileiro, mas acabou não conseguindo contratar nenhum jogador para suprir a necessidade da posição.

O presidente Andrés Sanchez já declarou que no mercado da bola tem muitos poucos atletas para a posição e aqueles que têm, são donos de uma pedida muito alta. Contudo, o alvinegro de Itaquera não tem uma situação financeira muito boa

A grande dívida do Corinthians é de quase R$ 2 bilhões, resultado da construção da Arena de Itaquera, que até hoje não foi quitada, e o presidente Andrés Sanchez está trabalhando para resolver isso, mas é claro que reforços para o elenco não podem deixar de serem contratados.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Reforço chegando?

O Corinthians não está conseguindo trazer nenhum atleta brasileiro para o elenco, por isso que vê a possibilidade de buscar reforços no continente europeu, pois tem muitos atletas de alto nível por lá, que estão vivendo péssimos momentos e têm grandes chances de jogar no Futebol brasileiro.

A imensa torcida do Corinthians é um grande atrativo para os jogadores que estão, atualmente, no exterior, pois veem uma grande possibilidade de voltarem ao auge.

Um jogador está sendo procurado para assumir a nove do Timão, que já foi vestida, inclusive, pelo Ronaldo Fenômeno. O alvo da vez é o José Salomon Rondón, que defende o West Bromwich na Premier League. O venezuelano tem 28 anos e ainda tem mercado no futebol europeu, caso desejar deixar a equipe inglesa.

O atleta foi revelado em 2006 e chegou à Europa em 2008, se firmando no futebol do Velho Continente, por lá atuou por diversos clubes até que, em 2015, fechou com o West Bromwich, onde está até hoje.

Atrativo para o atleta:

Com mercado no futebol europeu, o Corinthians terá a missão de atrair o atleta para vir atuar em um dos maiores clubes do futebol brasileiro, para isso é possível que se ofereça um bom plano de carreira para o jogador, até porque o futebol brasileiro é, na América do Sul, o que mais tem visibilidade.

Se destacar no Timão é um grande ponto positivo para ficar com grande moral, além de que aqui tem outros diversos clubes, que inclusive estão, muitas vezes, na disputa da Copa Mundial de Clubes, contra grandes clubes do Velho Continente, como o Timão esteve, recentemente, contra o Chelsea, e acabou levando a melhor em cima dos ingleses, que também jogam a Premier League [VIDEO].