O Futebol brasileiro é reconhecido mundialmente por ter grandes nomes de expressão do meio campo para frente, como, por exemplo, Ronaldo, Rivaldo e Ronaldinho Gaúcho da geração do penta campeonato brasileiro, sendo esses os principais nomes comentados nas rodas sobre futebol e citados mundo a fora.

Diferentemente daquela época, os brasileiros que mais se destacam hoje no futebol europeu são do meio campo para trás, com exceção de Neymar e Philippe Coutinho.

Chamado de Messi [VIDEO] dos goleiros pela imprensa europeia, Alisson, goleiro da Roma, é um dos jogadores mais admirados pelo bom momento vivido no seu clube e na seleção brasileira.

Vale ressaltar que Alisson estará presente nas semifinais da Uefa Champions League, onde vem sendo um dos destaques da equipe.

Outro nome brasileiro em destaque no cenário europeu é o lateral-esquerdo Marcelo, considerado por muitos o melhor lateral do planeta bola. Contratado pelo Real Madrid em 2007 para ser o sucessor do também brasileiro Roberto Carlos, Marcelo entrou no time para não sair mais. Atualmente, Marcelo é o titular absoluto do Real e da seleção.

Revelado pelo Corinthians e vendido por um preço baixo para a Roma, Marquinhos, atualmente no Paris Saint-Germain, é um dos grandes zagueiros do futebol moderno. Com apenas 23 anos, o zagueiro ainda terá muito tempo e espaço para comprovar o seu status de bom jogador.

Apesar de ter grandes nomes da parte defensiva atuando no futebol europeu, o cenário nacional também se faz presente com bons jogadores na parte da defesa.

Após a conquista do Campeonato Paulista [VIDEO] fazendo a defesa de duas penalidades, o goleiro Cássio se credencia para estar na Copa do Mundo da Rússia de 2018. Ressaltando que na fase anterior do campeonato, Cássio já havia feito outras duas defesas em penalidades, que levaram o Corinthians a conquistar o campeonato.

Com atuações memoráveis desde o tempo de Coritiba, o goleiro Vanderlei, 34 anos, atualmente no Santos, vem sendo há muito tempo o destaque do time praiano. Apesar de fazer grandes jogos, o goleiro nunca foi lembrado pelos treinadores da seleção.

O Brasil sempre foi celeiro de bons jogadores, prova disso é que até hoje contamos com bons nomes que nunca foram lembrados nas convocações.

Outro que nunca foi lembrado nas convocações da seleção brasileira foi o também goleiro Fábio, do Cruzeiro, que há um longo tempo fez por merecer um lugar no plantel brasileiro, mas assim como Vanderlei, nunca teve essa oportunidade.