Foi com uma penalidade controversa, no último minuto, que o Real Madrid conseguiu avançar para as semifinais da Champions League. Nessa quarta-feira (11), depois de uma vantagem de três gols, conquistada fora, poucos poderiam acreditar no que a Juventus conseguiu fazer.

A equipe italiana devolveu os três gols e pouco passava de uma hora de jogo e já os italianos estavam empatando a eliminatória. O Real Madrid tremeu e de que maneira. Porém, com o apoio do Santiago Bernabéu e com um final mais intenso, o Real conseguiu se salvar mesmo no último segundo.

Aos 53 minutos do segundo tempo, Cristiano Ronaldo acabou com o sofrimento [VIDEO] do Real, fazendo o gol de pênalti.

Derrota por 3 a 1, em casa, e com muito sofrimento, e Ronaldo ficou de cabeça quente com alguns de seus companheiros.

Juventus fez tremer

O Real Madrid estava prestes a igualar o ridículo que o Barcelona fez na noite anterior, em Roma. A Juventus chegou ao Santiago Bernabéu com uma desvantagem de 0 a 3, mas imediatamente mostrou porque é o campeão da Itália, mostrando enorme personalidade contra a equipe liderada por Zinedine Zidane.

Logo que a partida começou, a Juventus foi ao ataque perante um Real Madrid que já estava se sentindo nas semifinais. Com apenas 2 minutos de jogo saiu o gol de Mandzukic, que venceu todos os duelos aéreos contra Carvajal. Foi o mesmo croata que, no meio do primeiro tempo, fez o 0 a 2, e as pernas começaram a tremer em todos e cada um dos torcedores do Real Madrid.

Zidane mudou no intervalo, introduzindo Lucas e Marco Asensio e o Real Madrid melhorou muito. Porém, um erro de Keylor Navas lhe custou o terceiro gol, concretizado por Matuidi. Com 0 a 3 no marcador, a Juventus ainda teve mais chances. No entanto, quando já todos estavam pensando na prorrogação, Lucas Vázquez caiu na área, supostamente tocado por Benatia e o árbitro apontou para a marca de pênalti.

Na confusão, Buffon recebeu cartão vermelha por protestar contra a decisão do árbitro. Cristiano Ronaldo não teve problema em cobrar o pênalti diante de Szczesny e colocar o Real nas semifinais, junto com Bayern de Munique, Roma e Liverpool.

Cristiano Ronaldo se vira contra três colegas

Apesar da classificação, ninguém esconde que o Real Madrid roçou o ridículo nessa quarta-feira. Depois de toda a euforia com o gol de Cristiano Ronaldo [VIDEO], foi o próprio português quem tirou suas conclusões.

Jogando assim, será muito difícil conseguir a terceira Champions consecutiva.

Ele, em particular, aponta para três jogadores. Três estrelas que saíram muito criticadas do encontro do Bernabéu. Para começar, Gareth Bale. O galês jogou de início e Zidane trocou o atacante no segundo tempo. O camisa 11 mal apareceu e foi quase como se não tivesse jogado.

Outra criticado é Keylor Navas. O costarriquenho falhou de maneira decisiva no terceiro gol. Ele entregou a bola para Matuidi, em uma ação que poderia ter custado muito caro para o Real Madrid.

Finalmente um Vallejo para o qual o Real Madrid continua parecendo muito grande. O zagueiro teve que ser titular por castigo de Sergio Ramos e ele esteve longe de fazer esquecer o capitão espanhol. Foi totalmente superado em todas as facetas do jogo.

Depois do jogo, Cristiano Ronaldo já deixou isso bem claro. Bale e Vallejo não devem mais jogar, enquanto Keylor está clamando por um substituto.