A má campanha na Copa do Brasil, quando caiu na terceira fase para o Avaí, além da frustração de ter perdido a classificação para a decisão do Campeonato Carioca, no último minuto da partida contra o Vasco, já são coisas do passado no Fluminense. O time inicia agora uma semana que pode dar indícios do que será o restante da temporada, com as estreias na Copa Sul-Americana e também no Campeonato Brasileiro.

E para que o restante da temporada seja bem mais empolgante que o início, a diretoria tem trabalhado em busca de reforços para o elenco de Abel Braga. O primeiro deles foi anunciado nesta terça-feira (10).

Depois de se destacar no último campeonato estadual, vestindo a camisa da Cabofriense, o atacante João Carlos foi apresentado de forma oficial pelo Tricolor. O jogador de 23 anos, que pertence ao Sampaio Correia de Saquarema, ficará por empréstimo no clube até o final de 2019.

Ele está no Rio de Janeiro desde a semana passada, onde já passou nos exames médicos.

“Sempre sonhei em jogar em um clube grande. Chego aqui para treinar firme e buscar meu espaço”, disse o jogador, que agora espera manter a boa fase que vinha atravessando com o antigo clube.

Jogador, que vestirá a camisa de número 29, esteve na moira do Volta Redonda, que irá disputar a Série C do Campeonato Brasileiro, mas o Fluminense entrou na jogada e conseguiu trazer o atacante para as Laranjeiras.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Antes de chegar ao Fluminense, ele também defendeu Macaé, Boa Esporte-MG, Bonsucesso e Galícia.

Com a contratação de João Carlos, o Tricolor ainda não está satisfeito com as peças que tem para o setor de ataque e ainda busca um acordo com o Coritiba para trazer o centroavante Kléber Gladiador.

Se ele tivesse aqui aquele gol não sairia

A contratação e Kléber Gladiador foi um dos assuntos abordados pelo técnico Abel Braga na entrevista coletiva concedida após o treino desta terça-feira (10).

O treinador fez elogios ao atacante do Coritiba.

“É um jogador que com tudo o que traz, será muito bom para nós, caso se concretize”, disse Abel, lembrando que se o Gladiador estivesse em campo, o Fluminense não teria sofrido o gol contra o Vasco, as 50 minutos do segundo tempo, que acabou eliminado o time da decisão do campeonato estadual.

O treinador lembrou que momentos antes de sofrer um gol, houve uma situação de ataque para o Fluminense e que ali o jogo poderia ter sido definido.

“Houve uma situação anterior ao gol, que se tivéssemos ele, acabava o jogo ali”, explicou.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo