O meio-campista Gustavo Scarpa é o único reforço que, atualmente, interessa à torcida palmeirense, que acabou perdendo o atleta, contratado no início da temporada.

Scarpa veio como um dos grandes reforços para esta temporada, para isso o alviverde da capital pagou cerca de R$ 24,5 milhões para ter 100% dos direitos do atleta, parte disso foi para os empresários da OTB Esportes e outra parte ao próprio Gustavo Scarpa.

No entanto, o jogador havia aceito, em uma cláusula no contrato, que quaisquer problemas na Justiça seria de sua responsabilidade e de seus empresários, já que vive uma briga judicial com seu antigo clube Fluminense, mas agora o tricolor carioca quer resolver o caso.

Acordo?

O Fluminense conseguiu derrubar, na Justiça, a liminar que Scarpa havia conseguido na Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro para assinar com outras equipes do mesmo esporte, com isso ele voltou a ser atleta pertencente ao Flu.

Entretanto, o atleta não quer retornar ao tricolor carioca e o próprio clube tem noção de que não tem mais ambiente para o ex-camisa 10 voltar. Com isso, Fluminense está disposto a fazer um acordo, mas só aceita um que o tricolor leve vantagem e Scarpa saia pela "porta da frente".

A diretoria do Fluminense afirmou que Scarpa acha que vai ganhar na Justiça, por isso ainda não cogita um acordo, e que é um direito do atleta achar que vai ganhar, mas o tricolor carioca está convicto de que a vitória na Justiça será do clube.

A diretoria do Flu conta que sempre houve conversas sobre um possível acordo, mas nada ainda chegou em um consenso de todos.

Opinião do Palmeiras

O presidente Maurício Galliote, do Palmeiras, descarta fazer um acordo com o Fluminense, indicando que o próprio Scarpa, caso perca na Justiça, entre em um acordo com o seu antigo clube, negociando em cima do valor de cerca de R$ 24,5 milhões que ainda será pago ao atleta e aos seus empresários.

Contudo, o alviverde da capital ainda não se convenceu de querer fazer um acordo, mas caso Scarpa perca na Justiça, pode ser que o Palmeiras possa, sim, fazer um acordo com o Fluminense, para assim não perder o valor investido no jogador [VIDEO].

Agora, o que tem há fazer é somente esperar a audiência na Justiça, que será no dia 14 de abril, para aguardar uma resolução do 'caso Scarpa' e daí decidir o que se resolverá. Caso o Scarpa consiga a vitória, o Palmeiras voltará a ter, novamente, o atleta, que poderá ser considerado um reforço da equipe, em definitivo [VIDEO].