Após a vitória heroica sobre o Cruzeiro no último final de semana por 1 a 0, quando atuou com um jogador a menos desde os 15 minutos do primeiro tempo, o Fluminense [VIDEO] retorna ao Maracanã no domingo. A partir das 16h (de Brasília), enfrenta o São Paulo [VIDEO] pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro e, além da intenção de permanecer entre os melhores colocados da Série A, o Tricolor das Laranjeiras luta para manter uma escrita favorável. Há doze anos, os cariocas não sabem o que é perder para a agremiação do Morumbi em confrontos realizados no palco da final da Copa do Mundo de 2014 e das decisões dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal PaixãoPorFutebol

O último revés veio em 2006. Por aquele Brasileirão, o São Paulo, que acabaria ficando com o título, derrotou, de virada, o Fluminense pelo placar de 2 a 1.

Aloísio e Leandro marcaram para os paulistas, enquanto Tuta fez o gol da equipe do Rio de Janeiro. De lá para cá, aconteceram mais nove encontros com sete vitórias do Flu e dois empates.

O São Paulo venceu em duas oportunidades no Rio. Ambas, porém, foram longe do Maracanã. Pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro de 2011, em São Januário, Lucas Moura e Dagoberto asseguraram os 2 a 0 do clube da Terra Garoa. Cinco anos depois, também pela Série A, Wellington SIlva, de pênalti, chegou a abrir o placar para o Flu, mas Thiago Mendes e Rodrigo Caio deram o triunfo aos paulistas no clássico disputado no estádio Giulite Coutinho, em Édson Passos.

No ano passado, em um duelo recheado de polêmico, o Fluminense, contando com uma boa presença de torcedores no Maracanã, venceu o São Paulo por 3 a 1.

Henrique Dourado, Sornoza e Robinho, sendo o primeiro e o terceiro de pênaltis, marcaram para o time das Laranjeiras, enquanto Shaylon descontou em favor dos visitantes.

Questionado sobre a escrita, o zagueiro Gum, e entrevista concedida antes do treino de sexta, descartou qualquer interferência e preferiu ressaltar a importância de conseguir mais um bom resultado no atual Brasileirão.

"Esse jogo vai ser chave. Pode nos proporcionar esse salto na tabela e a possibilidade de ficar próximo ao G4", resumiu o zagueiro e capitão da equipe.

Neste sábado, o Fluminense encerrou a sua preparação no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Como, mais uma vez, a atividade foi fechada, não se sabe a escalação oficial do time. A única certeza será a entrada de Léo na lateral-direita, uma vez que Gilberto, expulso contra o Cruzeiro, cumprirá suspensão automática. Quem também pode ganhar uma oportunidade é Luan Peres. Zagueiro trazido junto à Ponte Preta, ele deve substituir Frazan. Atual titular do sistema defensivo, Ibañez segue se recuperando de um estiramento muscular na coxa direita.

Outro reforço anunciado recentemente, o volante Dodi (ex-Criciúma) será relacionado, mas ficará como opção no banco de reservas.