Reserva de Vanderlei, que vive grande fase com a camisa do Santos e por conta disso vem tendo raríssimas oportunidades no time titular, o goleiro Vladimir nos últimos dias foi sondado para defender Vitória e Sport Recife, times onde chegaria para assumir a camisa número 1. No entanto, após uma reunião do Conselho Gestor, realizada na noite desta segunda-feira (23), o jogador teve sua saída da Vila Belmiro vetada. [VIDEO] O mesmo ocorreu com o colombiano Copete e ambos devem seguir no clube, mesmo no momento sendo pouco aproveitados pelo técnico Jair Ventura.

Nesta terça-feira (24), o jogador de 28 anos – que já havia manifestado o desejo de deixar o clube [VIDEO]– falou a respeito da direção da diretora.

Ele ressaltou que ter dois grandes clubes interessados em sua contratação o deixou bastante entusiasmado e que estava na expectativa de defender outra camisa. No entanto, ele afirmou que entende a decisão da diretoria e que seguirá trabalhando para estar pronto sempre que o clube precisar.

Na atual temporada Vladimir, cujo contrato atual vence em 2020, jogou apenas uma partida, na derrota por 3 a 1 para o São Bento de Sorocaba, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista, quando a comissão técnica optou por colocar uma equipe totalmente reserva. Apesar do clamor popular, Vanderlei não deve ser chamado para defender o Brasil na Copa do Mundo, fazendo com que as chances do goleiro reserva fiquem bastante reduzidas de atuar em algumas rodadas do Brasileirão.

Agente também fala

Quem também lamentou a não ida do goleiro para um dos dois times do nordeste foi Beto Lopes, empresário do jogador, que entende que a saída da Vila Belmiro seria benéfica para ele, pois o valorizaria mais, porém entende a postura da diretoria “Agradeço ao Vitória e Sport pelo interesse demonstrado”, disse o agente.

“Mas temos que respeitar a decisão tomada pelo Santos”, completou.

Lateral será emprestado ao Clube do Remo

Na contramão de Vladimir, quem pode ser emprestado nos próximos dias é o lateral-direito Lucas Ybom, de 23 anos. O jogador, que também acumula passagens por Linense e Portuguesa Santista, estaria sendo negociado com o Remo, para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série C. De acordo com informação publicada pelo site Globo Esporte, o clube paulista ficaria encarregado de arcar com os salários do atleta. Pelo clube de Lins, o lateral disputou o Campeonato Paulista do ano passado.