O torcedor rubro-negro que for ao Maracanã neste sábado viverá o grande momento da despedida de Júlio César. O goleiro de 38 anos será titular do Flamengo no embate contra o América-MG, a partir das 19h, pela segunda rodada do Brasileirão.

Depois de defender o Benfica, de Portugal, até o final do ano passado, Júlio acertou um contrato curto com o Flamengo para encerrar a carreira justamente no clube que lhe revelou. Até agora, ele só participou de uma partida oficial pelo Campeonato Carioca. O titular é Diego Alves.

Publicidade

Ao se destacar como titular do Flamengo no início dos anos 2000, Júlio César chamou a atenção do futebol europeu e se acertou com a Inter de Milão, onde se tornou ídolo e foi eleito o melhor goleiro da Europa na temporada 2009/10. Pelo clube italiano, também sagrou-se campeão da Champions League em 2010.

Como página triste de sua carreira, ele amarga o rótulo de ter sido titular na mais pesada derrota da história da seleção brasileira. Em julho de 2014, era Júlio César quem estava no gol do Brasil na incrível derrota por 7x1 para a Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo no Brasil.

Quatro anos antes, em 2010, ele também foi titular absoluto da campanha brasileira no Mundial da África do Sul.