2

Às vésperas de mais uma Copa do Mundo, [VIDEO] onde terá exclusividade nas transmissões das partidas em TV aberta, a Rede Globo sofreu um grande desfalque em seu time de repórteres, que agora fechou com um grande canal concorrente, o canal Fox Sports, que recentemente havia perdido seu melhor narrador para o SporTV.

Filho do ex-jogador do Santos, Abel, com a jornalista Vera Lúcia Alves, Abel Neto deixará a Rede Globo [VIDEO] após 20 anos de casa. Ele aceitou uma proposta bastante vantajosa feita pelo canal por assinatura que também mostrará a Copa do Mundo da Rússia.

O jornalista iniciou a carreira no jornal esportivo Lance!, em 1997.

No ano seguinte passou a trabalhar na TV Tribuna de Santos, uma das afiliadas da Rede Globo e três anos mais tarde se mudou para São Paulo, onde passou a acompanhar o dia a dia dos times da capital, inclusive a Portuguesa. Deste então ele cobriu diversas competições, como Copa Libertadores da América, Brasileirão, Copa do Brasil, Olimpíada e Pan-Americano.

Seu trabalho foi reconhecido e ele passou a ser uma espécie de apresentador reserva do Globo Esporte, cobrindo as ausências de Tiago Leifert. Também, em várias ocasiões, passou a ancorar o Seleção SporTV.

Fez caminho inverso

Na contramão de Abel, o excelente narrador Gustavo Villani deixou os canais Fox Sports no final de fevereiro para trabalhar nas organizações Globo, que enxergou no profissional um dos melhores da nova geração. Uma fonte ligada à direção esportiva da emissora carioca afirmou que Villani foi escolhido em razão de ser uma pessoa da alta direção esportiva da Globo e diz que o canal escolheu Villani pela sua “vibração” ao narrar, cujo estilo é parecido com o de Galvão Bueno em sua melhor fase, nos anos 80 e 90.

Do ponto de vista da direção, o novo contatado é um “vendedor de emoções”.

Em um comunicado divulgado na época, as organizações Globo informaram que Villani trabalhará nas partidas do Campeonato Brasileiro e também já está escalado para a cobertura da Copa do Mundo na Rússia, podendo ainda atuar em todas as plataformas do grupo. Ou seja, TV fechada e aberta. Com a contração, Villani terá passado por todos os grandes canais esportivos por assinatura do Brasil, uma vez que já atuou também na ESPN.

No ano passado, ele se envolveu em uma polêmica durante uma partida da Copa do Brasil entre Internacional e Corinthians. Ao narrar o gol do alvinegro ele soltou a frase “põe no DVD”, o que pegou muito mal entre os torcedores colorados, uma vez que a expressão é usada pelos corintianos para provocar a equipe gaúcha.