O colombiano James Rodríguez foi envolvido em uma das negociações mais bizarras do mercado de transferências da última temporada. O atacante do Real Madrid [VIDEO] foi cedido por empréstimo para o Bayern de Munique, que ainda ficou com opção de compra, O clube alemão pode perfeitamente aproveitar para comprar um dos jogadores mais talentosos do mundo.

Porém, parece que o Bayern de Munique tem um outro plano, que não deixa de ser surpreendente. A verdade é que o jogador não teve muitas chances com Carlo Ancelotti, quando chegou à Alemanha, mas se tornou em um dos indiscutíveis de Jupp Heynckes, assim que o veterano treinador assumiu o time.

Bayern tem opção de compra por James Rodríguez

Ademais da importância que James tem no time do Bayern, os bávaros estariam pensando em renegociar o craque colombiano. Com a opção de compra, o Bayern estaria pensando em ficar com o craque, mas parece que o futuro do colombiano não passa pela Alemanha.

O clube de Munique decidiu pagar os 45 milhões de euros (167,3 milhões de reais) pela opção de compra ao Real Madrid para fazer outro negócio com James. Niko Kovac, que será o próximo treinador dos bávaros, já deixou claro para a direção que Rodriguez é dispensável, em sua opinião. Kovac, que é alemão, mas tem pai e mãe croata, estabeleceu uma meta para o Bayern em letras maiúsculas: Ivan Rakitic.

Novo treinador do Bayern quer craque do Barça

O futuro treinador do Bayern está apaixonado pelo craque croata do Barcelona, que pediu como uma de suas primeiras exigências para seu novo time, de acordo com o site espanhol Don Balón.

Uma operação que na Alemanha eles colocam em torno dos 60 milhões de euros (251 milhões de reais) e que, advertem, poderiam ser banalizados com a entrada de james rodriguez na negociação, o que querem concretizar na janela do meio do ano.

Se bem que o Bayern tem um contrato de empréstimo de dois anos com James, não precisa comprar já o jogador do Real, mas, supostamente, o jogador poderia sair de Munique já neste ano.

James Rodríguez em negócio com o Barcelona

Uma bomba incomparável com um pequeno toque de vingança adicional, que pode acabar sendo a operação mais louca do próximo mercado de transferências. James não teve sorte com o técnico Zidane, no Real, aonde se tornou somente um suplente.

Por isso, o jogador não se importaria de pular para o grande rival do Real. Por outro lado, o Barcelona teria aqui sua pequena vingança contra o assédio do Real perante o seu zagueiro Samuel Umtiti [VIDEO]. Seria um negócio vantajoso para todas as partes, menos para o Real Madrid, que ninguém entendeu ainda porque foi emprestar um jogador da categoria de James e ainda oferecer a opção de compra por quase a metade do que pagaram por ele, em 2014, ao Mônaco.