Dois jogadores que não estão mais atuando no Corinthians lideram o terrível ranking de credores com mais dinheiro a receber do clube por direitos de imagens, luvas e comissões. O maior deles é o centroavante Jô, que se transferiu no início do ano para o Nagoya Grampus, do Japão.

Em segundo lugar aparece Giovanni Augusto, que está emprestado pelo alvinegro ao Vasco da Gama, e cujo salário ainda é bancado parcialmente pelo Corinthians [VIDEO]. A relação de credores referentes a direito de imagens foi publicada no balanço do clube, na semana passada, e revelada no blog do jornalista esportivo Jorge Nicola.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Corinthians

Até o técnico da Seleção Brasileira, Tite, aparece na lista.

R$ 9,25 milhões para Jô

Segundo o documento a que o jornalista teve acesso, a dívida do Corinthians com Jô é de R$ 9,25 milhões.

A maior parte do valor (R$ 7 milhões), no entanto, é de 2016, quando o jogador sequer defendia o clube. Jô foi contratado pelo Timão em outubro daquele ano, mas só vestiria a camisa do clube a partir de 2017.

Sua estreia foi em fevereiro de 2017, na vitória por 1 a 0 sobre o São Bento, pelo Campeonato Paulista, em que foi o autor do gol isolado da partida. A diretoria do Corinthians explicou que, apesar do atacante estar sem clube quando foi contratado, foi necessário efetuar um pagamento ao atleta para que o Corinthians passasse a ter os direitos econômicos do jogador.

R$ 8,8 milhões para Giovanni Augusto

Com Giovanni Augusto, a dívida do Timão é de R$ 8,8 milhões. O jogador chegou em 2016 vindo do Atlético Mineiro. Por metade dos direitos econômicos, o Corinthians pagou cerca de R$ 14,7 milhões.

O retorno, no entanto, ficou bem abaixo do esperado.

Em 74 partidas com a camisa do alvinegro, o jogador marcou apenas sete gols. O baixo rendimento levou o Corinthians a emprestá-lo ao Vasco em fevereiro deste ano. Mas, mesmo no clube carioca, o meia ainda não mostrou um bom rendimento: foram somente três jogos e um gol com a camisa do clube cruzmaltino.

Lista tem até o técnico Tite

A dívida total referente a direitos de imagens, luvas e comissões chega a R$ 73,4 milhões. Outros nomes de muito sucesso no clube estão com dinheiro a receber, como Renato Augusto, Elias e Fábio Santos.

O técnico Tite, que deixou o clube em junho de 2016 para comandar a Seleção Brasileira, é outro exemplo. O treinador tem R$ 1,1 milhão a receber. No atual elenco, surgem como credores nomes como Romero (R$ 3,3 milhões), Rodriguinho (R$ 1,4 milhão), Jádson [VIDEO] (R$ 1,2 milhão) e Danilo (R$ 385 mil).