O Barcelona igualou a série de 38 jogos sem perder da Real Sociedad, dos anos oitenta. Esse foi um recorde épico, em uma equipe de Futebol sem estrangeiros, com jogadores de futebol memoráveis. Uma marca de várias décadas que a Real compartilha, a partir desse final de semana, com o Barcelona de Leo Messi, determinado a vencer mais e mais desafios. Não é por acaso que os três gols vieram com a sua assinatura. De um só golpe, Leo Messi também atingiu uma marca de Ronaldinho, o detentor do recorde anterior em gols de falta em uma só campanha, com seis gols. Não ficam por aqui os registros de Messi [VIDEO], que também se igualou na lista de artilheiros a Mohamed Salah, para ganhar outra Chuteira de Ouro.

Exibição incrível de Messi

Foi mais uma exibição perfeita de Leo Messi, que arrasou o Leganés e deu mais um passo decisivo em sua carreira. O astro argentino está em um grande momento, apesar de todos os problemas físicos que vêm assustando os torcedores do Barcelona. Porém, contra o Leganés, no sábado, Messi só precisou de meia hora para colocar o Barça na frente da partida.

Com mais uma exibição genial de Messi, o Barça é cada vez mais líder. Na ordem, é apenas a precisão no ataque que define um líder, facilmente explicável por Messi e Suarez [VIDEO], ao seu lado, aproveitando as oportunidades. Sua extrema confiabilidade é explicada pela segurança para recuperar a bola, uma contribuição de Ernesto Valverde, o treinador que parece já ter conquistado os torcedores culés.

O argentino, liberto de cair para a banda, acabou procurando mais a incursão pelo meio. Siovas chegou a detê-lo, a princípio medido, depois desaparecido. Na primeira falta, Messi ainda embarrou na barreira, mas em seu segunda tentativa, do lado direito, ele colocou a bola na rede. O líder não cedeu após o primeiro e Messi repetiu o gol, ainda no primeiro tempo.

Messi continua sem descanso

Na saída para os vestiários, muito se falava que Valverde poderia aproveitar a boa vantagem, de 2 a 0, para poupar Messi, mas o argentino regressou ao gramado. E acabou dando a tranquilidade, já depois de o Leganés ter encostado no marcador. O Barça cedeu um pouco a posse de bola a seu rival, e eles acabram causando mais perigo. Só depois do 2 a 1, é que o Barça tremeu e voltou para assumir o jogo novamente.

Assim, as opções de surpresa desapareceram, pois, como era o jogo, era por lei que Messi fechava a conta. Ele fez isso, além disso, coroando um bom serviço diagonal de Dembélé, ativo à direita. Final de jogo, com um hat-trick de Leo Messi e o recorde da Real Sociedade que terminou. agora, também o Barça soma 38 partidas sem perder. O Barça de Messi vai agora procurar a Liga perfeita, um campeonato sem derrotas. E com Leo tudo parece possível.