O Palmeiras venceu o Corinthians na primeira decisão do Campeonato Paulista 2018. O Verdão bateu o Alvinegro em Itaquera por 1 a 0 e ficou perto do título Estadual. Apesar da proximidade, o discurso interno é de que 'não se ganhou nada ainda'. O grupo tem consciência de que existe o segundo jogo e tudo pode mudar.

O técnico Roger Machado conversa diariamente com o elenco sobre isso. Hoje o Palmeiras volta a campo pela Copa Libertadores da América. Encara o Alianza Lima, do Peru, pela segunda rodada da competição. O jogo é tão importante quanto a decisão, porque pode deixar o Alviverde bem próximo da vaga para a segunda fase.

Machado deve fazer algumas mudanças no elenco. Moisés deve ser titular, assim como o volante Felipe Melo (que foi expulso sábado e não jogará no próximo domingo). Marcos Rocha também não deve jogar por conta de cansaço e desgaste muscular. Será um time bem diferente do que o torcedor viu sábado.

Acordo por Gustavo Scarpa

É fato que o meia Gustavo Scarpa está fazendo falta. O elenco sentiu, a torcida sentiu e quem entende de Futebol sabe do que ele é capaz. Scarpa está em litígio com o Fluminense e deve esperar pelo menos mais 12 dias pela nova reunião de resolução amigável na Justiça. O jogador não quer abrir mão do que o clube carioca deve, e pode ser que surja um acordo.

A diretoria do Palmeiras não quer e não pode se meter no assunto. É processo [VIDEO] de cunho pessoal do jogador. Mas o clube está dando todo amparo jurídico necessário para que Scarpa saia vencedor.

A ideia é que já no meio de abril o Palmeiras conte com os serviços do atleta.

O Palmeiras pode envolver alguns jogadores na negociação. O meia Hyoran, por exemplo, é uma grande possibilidade de negócio. Sem espaço, o jogador pode ser cedido em definitivo para o clube da Laranjeiras.

O diretor de futebol do Fluminense, Autuori, entende que um acordo pode ajudar. O dirigente afirmou que Scarpa não quer diálogo nenhum com o clube e que isso dificulta um pouco o negócio.

Já Alexandre Mattos, executivo de futebol do Palmeiras, afirmou que prefere esperar o resultado da Justiça para poder entrar no processo. Se Scarpa for derrotado, o Palmeiras conversará diretamente com o Fluminense e pode oferecer um jogador e compensação em dinheiro. O executivo entende que Scarpa será jogador do Alviverde de novo em breve e tranquiliza o torcedor.

No domingo, um empate dá o título do Paulistão ao Palmeiras no Allianz Parque. Pode ser a terceira conquista Alviverde no local.