Dizem que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. No Santos caiu, com Pelé e anos mais tarde com Diego e Robinho. Depois diziam que não caia três vezes: Neymar está ai para desmentir isso. E raios são o que não param de cair na Vila Belmiro quando se fala em revelar novos talentos, para alegria do técnico Jair Ventura. [VIDEO] Não é muito difícil na atual temporada ver uma escalação do Santos com cinco ou seis atletas que iniciaram a carreira no próprio clube começando uma partida no time titular.

No que se depender das gerações que logo pedirão passagem, novos raios cairão em breve. A grande nova aposta da diretoria é o garoto Davi Nogueira Carmo, que acabou de superar um recorde de Rodrygo, que hoje está no time profissional.

Com apenas nove anos de idade, ele acabou de assinar um contrato com a puma, sendo o mais jovem a fechar um acordo com uma fornecedora de material esportivo. Rodrygo acertou com a Nike aos 11 anos, enquanto que Neymar foi fechar com a mesma empresa quando “já” tinha 13 anos. Ele também é o mais jovem jogador brasileiro a fechar patrocínio, que é válido por cinco anos.

O garoto tem futebol em seu DNA. Seu pai, Edmilson Carmo, foi jogador do Peixe, inclusive fazendo parte do elenco campeão paulista de 2007, e agora joga pela Portuguesa Santista. Recentemente ele disse que foi procurado pelo Palmeiras [VIDEO], que ofereceu um plano de carreira para o filho, no entanto, a equipe da capital negou que tivesse feito qualquer proposta. Para se precaver, o Santos pode ajudá-lo com estudos ou financeiramente, mas sem vínculo empregatício, uma vez que a Lei Pelé permite contrato de formação apenas a partir dos 14 anos.

Davi joga tanto no time de futsal quando na equipe de campo, onde tem média superior a um gol por partida, além de ser capitão da equipe. Foram 56 gols em 43 jogos disputados.

Fora da Copa do Brasil Sub 20

Não foi uma tarde feliz para a categoria sub 20 do Santos. Depois de empatarem 1 a 1 no jogo de ida, realizado semana passada em Florianópolis, o Peixe só dependia de um empate sem gols contra o Figueirense, na Vila Belmiro, para avançar na Copa do Brasil, porém o time foi derrotado por 5 a 3, ficando fora da competição.

Maxwell, Bruno Moreira e Wagner fizeram os gols da equipe paulista. Berg, Jonathan, Ronaldo, Wesley e Kleyton balançaram as redes para o Figueira, que na próxima fase terá pela frente o Botafogo, que eliminou o Paraná Clube. Agora o Peixe se concentra no Campeonato Paulista da categoria, que começa no próximo sábado, com o time recebendo o Santo André.