Com o orçamento baixo para efetuar grandes contratações, o Santos tem recorrido às categorias de base para firmar um time competitivo. E os garotos vêm dando conta do recado e alguns já conquistaram até mesmo a titularidade no time dirigido por Jair Ventura, casos de Léo Cittadini e Rodrygo. No entanto, essa ascensão de jovens talentos também desperta a cobiça do mercado externo e a diretoria tem trabalhando para mantê-los por mais tempo possível na Vila Belmiro.

Nesta sexta-feira (20), foi revelada a informação que dois times do México estariam interessados na contratação do meia Léo Cittadini, que está em processo de renovação de contato com o Santos.

De acordo com matérias veiculadas na imprensa esportiva, durante sua viagem ao México, onde tentou a contratação de Lucas Zelarayán e agendou alguns amistosos para o período da Copa do Mundo, o presidente José Carlos Peres ouviu propostas do Puebla e do Querétaro. O primeiro já conta com Matheus Ribeiro, que está emprestado pelo Peixe.

Ele quer ficar

Apesar das propostas feitas pelos times da América Central, a vontade de Léo Cittadini é permanecer no clube. Com seu atual contrato vencendo no final deste ano jogador está em processo de renovação, mas a primeira proposta feita pela diretoria não o agradou. A ideia é estender seu vínculo por mais quatro temporadas.

Após o duelo contra o Ceará, pela estreia no Campeonato Brasileiro, o jogador de24 anos falou sobre as conversas para renovar seu contrato, mas disse que isso está nas mãos de terceiros e que prefere se concentrar no campo.

“Já iniciamos uma conversa, isso é o tipo de coisa que deixo totalmente para o meu empresário”, disse o camisa 19, que depois de ganhar a confiança de Jair, também tomou a posição do veterano Renato no time titular.

O jogador estará em ação novamente neste sábado (21), quando o Peixe encara o Bahia, às 16 horas, na Fonte Nova pela segunda rodada da competição. Esse será o primeiro de uma longa sequencia de jogos, que inclui três duelos pela fase de grupos da Copa Libertadores e os dois jogos contra o Luverdense pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Para esse jogo contra o Bahia, a novidade ficará por conta da presença doa atacante Bruno Henrique [VIDEO] no banco de reservas. O jogador não entra em campo desde 17 de janeiro, quando na partida de estreia do Campeonato Paulista, contra o Linense, levou uma violenta bolada no rosto, o que lhe causou cinco lesões no olho direto.