Grandes mudanças estão chegando no Barcelona e ninguém duvida de que vai ser um verão muito movimentado nos escritórios do Camp Nou. O fracasso do Barça na Liga dos Campeões força o clube a agir de imediato. O que aconteceu em Roma não pode acontecer novamente, até porque nos últimos anos, o colosso catalão vem falhando na Europa, apesar de garantir alguma hegemonia na Espanha. Em Barcelona, [VIDEO] todos concordam que Messi merece ganhar mais Champions, e uma equipe não pode desaproveitar um talento como o argentino para continuar perdendo na Europa.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Barcelona muito dependente de Messi

É por isso que a equipe vai passar por uma verdadeira revolução. A próxima temporada vai trazer algumas mudanças e tem alguns jogadores que não vão seguir com o time.

Nem todos estarão no Barça na temporada seguinte. Entre alguns mais óbvios e outros menos, a diretiva do Barcelona promete tentar reforçar algumas posições, para que a equipe não fique tão dependente do talento de uma ou outra estrela, especialmente, de Messi [VIDEO]. Quando o craque não consegue se destacar, a equipe fica imediatamente presa de movimentos, como se estivesse em uma rede e ninguém parece assumir ou resolver os problemas. E essa é uma das diferenças deste Barcelona para aquele que tinha Neymar.

Seis saídas cantadas

Começando com os mais óbvios. André Gomes vai sair. O clube já está procurando uma saída para o português, que também aceita sua saída. O divórcio com o Camp Nou é total. E é que em duas temporadas, ele não deu sequer o menor sinal de ser capaz de jogar no clube catalão.

Todos tentaram apoiar o meia, que assumiu desespero e até algum comportamento depressivo, mas a verdade é que ele não funciona.

Dois outros que têm dificuldades para continuar são Lucas Digne e Paco Alcácer. A diferença entre eles e os titulares em suas posições, Jordi Alba e Luis Suárez, é muito grande. O Barça quer mais competitividade, e é por isso que francês e espanhol devem sair. Eles não contam para Valverde.

Há também dois novos reforços na lista negra. Nélson Semedo foi um fracasso real e é um dos mais culpados pelo de Roma. Na verdade, Sergi Roberto jogou mais do que ele, apesar dos 40 milhões gastos pelo clube. É hora de aceitar que sua assinatura foi uma decisão ruim. O mesmo vale para Yerry Mina. O colombiano mal teve oportunidades. O lógico seria um empréstimo para ele se adaptar ao Futebol europeu.

E finalmente, uma saída cantada embora dolorosa. Andres Iniesta parece que está mesmo decidido em se mudar. O espanhol vai tornar sua decisão oficial nos próximos dias, possivelmente após a final da Copa, e não há nada que o Barcelona possa fazer, para ele voltar atrás.

Barcelona vai ao mercado

Não era esperado que o Barça fosse ao mercado para contratar um defensor para o lado direito, depois de ter contratado Semedo, mas o desempenho do português parece que está obrigando a isso. No clube, tem um jogador que também está na agenda do Real Madrid [VIDEO]: Álvaro Odriozola. Com uma cláusula de 40 milhões de euros, ele pode ser o defensor que o Barça está procurando há tanto tempo. Isso se o Real Madrid não chegar na frente.