O Flamengo tem um dos elencos mais fortes de toda a América do Sul, por este motivo que se tornou um dos favoritos para conquistar a Copa Libertadores da América, mas toda esta dinastia acabou com o começo de crise interna dentro do clube.

O rubro-negro carioca acabou sofrendo com uma pequena crise interna após as eliminações na Taça Rio e também no Campeonato Carioca. A conquista da Taça Guanabara tinha empolgado os torcedores, que acharam que o Flamengo conseguiria conquistar tudo neste início de ano.

Com a crise interna, o presidente do clube foi obrigado a demitir o diretor executivo e o treinador da equipe, agora vem buscando um novo comandante para o Timão e, além de tudo, também deseja fazer uma renovação no elenco rubro-negro.

Despedida

No meio das confusões dentro do clube, o Flamengo está vivendo um momento bonito com o goleiro Júlio Cesar, que veio ao Rio de Janeiro para jogar aqui 3 meses e encerrar sua carreira de forma amorosa com o seu clube revelador e de coração.

O atleta veio com um pequeno contrato, em que recebe um salário simbólico de apensa R$ 15 mil, o que é muito pouco para um jogador de futebol que passou a maior parte de sua carreira no continente europeu ganhando fortunas todos os meses.

O arqueiro flamenguista se tornou um ídolo da torcida e fez uma excelente carreira no continente europeu, conquistando a Liga dos Campeões, em 2010, e se tornando o melhor goleiro do mundo, naquele ano.

Com certeza foi um dos melhores goleiros que a Seleção Brasileira já teve, não tendo nenhuma culpa no vexame do 7 a 1 contra a Alemanha, em 2014, quando ele era o titular do Brasil, durante a Copa do Mundo.

Motivo da saída

A sua saída do Flamengo já era previsto no início do contrato, agora o rubro-negro carioca marca um jogo para que o atleta se despeça da torcida flamenguista e finalize esta excelente carreira com chave de ouro.

Realmente o que o Júlio Cesar fez, vir para o Brasil, ficar longe de sua família, que mora na Europa, para finalizar a sua carreira e mostrar todo seu amor ao Flamengo, foi uma decisãoque ficará para sempre no coração de todos os flamenguistas.

Agora, o atleta deve jogar o seu jogo de despedida e voar diretamente para a sua família. A família não veio por conta da rotina já instalada em outro país, como escola das crianças e atividades diárias de sua esposa, a mudança de Júlio para o Rio de Janeiro foi vista por muitos como irresponsável, por outros como admirável [VIDEO].