O Palmeiras começou a temporada com o objetivo de ser campeão em todas as competições que disputasse. O ano começou muito bem e os torcedores palmeirenses se empolgaram muito, já pensando na possibilidade de conquistar, primeiramente, o Campeonato Paulista.

O jogo de ida da final do Paulistão foi na Arena de Itaquera, casa do Corinthians. Todos os palmeirenses se empolgaram com uma vitória por 1 a 0, na casa do rival, com gol do colombiano Miguel Borja.

Publicidade
Publicidade

No entanto, todos aguardavam a partida de volta, que aconteceria no Allianz Parque. O Palmeiras era mais do que favorito para ganhar o título paulista, porém, um gol do meia Rodriguinho, logo no começo, mudou todo o drama da partida.

Reviravolta e contratação!

Com o gol do astro do Timão, o Palmeiras tentou buscar o resultado e acabou, em uma jogada de Dudu, conseguindo uma penalidade. Entretanto, o juiz Marcelo de Aparecido ficou com dúvida se teria marcado corretamente ou não.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Após oito minutos de conversas com o quarto árbitro e muita confusão dentro de campo, o pênalti foi anulado.

O Palmeiras acusou ter havido interferência externa durante aqueles oito minutos. Provou em um vídeo que o diretor de arbitragem da Federação Paulista de Futebol (FPF) entrou em campo e se comunicou com o quinto árbitro. Contudo, o TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) deixou a final em aberta.

Agora, o Palmeiras quer comprovar que houve a interferência e ainda tentar ser campeão paulista.

Publicidade

Para isso, fez uma mega contratação. Contratou a empresa estrangeira de investigação Kroll. Essa vai ter acesso a todas as câmeras do estádio e ainda tentar pegar gravações de torcedores das arquibancadas.

Palmeiras ainda pode ser campeão?

A final pode ser anulada caso seja comprovado, no TJD, a interferência externa, mas a FPF já afirmou que o Palmeiras esta tentando fazer um tapetão. Já os jogadores do Corinthians alegaram uma falta de respeito do arquirrival.

O Palmeiras apoia o VAR (Árbitro de Vídeo) nas competições. Por outro lado, o Corinthians foi contra em uma votação na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

As imagens na televisão mostraram que não foi pênalti e o árbitro acertou, mas a discussão é se houve ou não interferência de alguém que viu as imagens na TV. Se isso tiver acontecido, a partida pode, sim, ser anulada e programada para acontecer novamente, assim colocando a decisão em aberto e dando possibilidade ao Palmeiras ser campeão.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo