O treinador espanhol do Barcelona está no centro das atenções. Não há bons momentos para Ernesto Valverde no clube. A eliminação na Liga dos Campeões [VIDEO] tem reflexo em um momento muito complicado para o treinador.

Tanto os torcedores do Barça quanto a própria direção já não veem Valverde da mesma forma. A confiança se perdeu e, com tudo isso, se instalou uma bagunça dentro do time culé.

Valverde com cargo em risco

De acordo com informações do jornal espanhol Sport, depois da partida em Roma, na Itália, na semana passada, alguns pesos pesados ​​do vestiário se viraram diretamente para Valverde. A crítica ao treinador era por ele ter escolhido jogadores que não estavam bem fisicamente.

A verdade é que Valverde começa a perder o respeito entre os jogadores do Barcelona.

Gérard Piqué é um daqueles que vem alertando há algum tempo: Messi está começando [VIDEO] confrontando as decisões do espanhol. A relação entre Valverde e Leo começou muito bem, mas foi prejudicada após a eliminação da Champions, quando o Barcelona perdeu 3 a 0 para a Roma, e Valverde só mexeu no time depois do terceiro gol, quando todos já estavam percebendo que as coisas não estavam funcionando no time durante todo o jogo.

Valverde trabalha bem no vestiário, não há dúvida sobre suas qualidades humanas e suas relações com os jogadores, mas há cada vez mais dúvidas sobre seu status profissional. Ernesto oferece poucas variantes e a verdade é que a equipe não joga tão bem assim. Os mais veteranos do time estão sabendo disso.

Valverde precisará acertar as coisas nas próximas semanas, se ele não quiser perder o controle sobre tudo e acabar perdendo seu lugar. Claro que, no momento, isso é uma possibilidade mais do que viável.

Valverde aceita duas saídas do Barcelona

Ernesto Valverde dá um passo em frente e exige mais poder no Barça, especialmente em face do mercado de transferências no próximo verão europeu. Ele não podia fazer muito no anterior e acabou amargando um pouco por essa razão. Porém, isso vai mudar, porque este ano ele está com muito mais tempo para se preparar. Valverde quer um modelo personalizado.

Alguns jogadores sairão ou entrarão, mas as decisões dessa vez vão passar pelo espanhol. Ele quer poder absoluto. Valverde já deixou claro para o conselho de administração que dois jogadores não têm lugar no vestiário do Barcelona.

São Gerard Deulofeu e Rafinha Alcântara. Os dois jogadores atualmente emprestados devem retornar à equipe catalã no segundo semestre, mas Valverde já deixou claro que, se for esse o caso, será para eles partirem novamente.

De fato, o Barça está bastante otimista com Rafinha, porque acredita que a Inter de Milão irá executar a opção de compra estimada em cerca de 40 milhões de euros (167 milhões de reais). O brasileiro não voltará mais ao Camp Nou. Mais complicado é o caso de Deulofeu. O Barça deve encontrar um novo destino para o atacante, que ficou sem lugar no clube catalão.