Neste domingo, pouco mais de dez mil torcedores foram ao Maracanã e viram o Fluminense [VIDEO] superar a expulsão de Gilberto logo aos 15 minutos do primeiro tempo para derrotar o Cruzeiro por 1 a 0 pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Querendo atrair mais público, o presidente do clube das Laranjeiras, Pedro Abad, em entrevista concedida após o jogo, disse que, a partir de segunda, irá conversar com os demais membros da diretoria para, no domingo que vem, contra o São Paulo, novamente no Maracanã, também pelo principal certame do futebol nacional, haver uma promoção em relação aos preços dos ingressos.

"O torcedor foi brilhante.

Time em situação adversa. Vou estudar amanhã (segunda-feira) o que pode ser feito para o jogo contra o São Paulo [VIDEO]", disse o mandatário.

Enquanto o choque de tricolores não vêm, jogadores, dirigentes e comissão técnica seguem enaltecendo o resultado positivo, especialmente da forma como ele foi alcançado. Durante a tradicional coletiva de depois das partidas, o técnico Abel Braga voltou a elogiar o grupo, mas ressaltou que ainda espera mais contratações.

"Tenho 25 jogadores. Será que vai dar ? Se surgir a oportunidade de ter mais um ou dois jogadores", resumiu Abel, sem esconder qual seria a sua preferência.

"Hoje só teria uma posição que é a do Sornoza, o cara da bola parada, que sabe ler muito bem o jogo. Fora isso, a gente vai ver", encerrou.

Nos últimos dias, surgiu a informação de que a solução encontrada para a suprir a carência de meia seria o retorno de Dario Conca, ídolo da primeira década dos anos 2000, principalmente após o título do Brasileirão de 2010.

No entanto, o presidente Abad negou qualquer possível investimento no argentino, que, desde o fim de seu compromisso com o Shanghai SIPG, da China e uma passagem apagada pelo Flamengo, vem treinando sozinho em Miami, nos Estados Unidos.

Além do meia, o Fluminense quer trazer um centroavante experiente para fechar o elenco. Recentemente, Kléber Gladiador, de 34 anos, com passagens por grandes equipes como São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Vasco, Grêmio e Shakthar Donetsk, da Ucrânia, só não acertou por conta de uma diferença salarial. Nos bastidores,porém, uma vinda do atacante, que, no momento, defende o Coritiba, não está está totalmente descartada.

Na segunda, haverá folga geral. A reapresentação do elenco acontece na terça, às 15h30 (de Brasília), no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca.