Em boa fase na Copa Libertadores da América, onde é líder de seu grupo e está muito próximo de garantir sua classificação – que pode vir até mesmo antes o time entrar em campo na próxima terça-feira (1) -, o Santos segue convivendo com o assédio [VIDEO]de times do Brasil e do exterior, que querem levar seus principais jogadores.

Depois de o Bahia propor o empréstimo do zagueiro Luiz Felipe [VIDEO] e o atacante Rodrygo já estar sendo observado pelo Barcelona, o volante Léo Cittadini é outro que desperta a cobiça do mercado do exterior. Na semana passada, o presidente José Carlos Peres havia revelado que durante sua viagem ao México, três times daquele país demostraram interesse no jogador, que está em processo de renovação de contrato com o Peixe.

Agora surge outro interessado, da Itália. As duas propostas são maiores do que o alvinegro tem oferecido ao jogador de 24 anos, que possui passaporte italiano. Seu contato com o Santos vence no final do ano e caso não renove, nas próximas semanas já está livre para assinar um pré-acordo com outro clube.

Vai sugerir troca

O clube italiano interessado no volante santista é a Sampdoria, que recentemente emprestou o lateral-esquerdo Dodô ao Peixe. E é justamente esse jogador que o time europeu pretende usar como moeda de troca. O lateral, que desde sua estreia agradou e agora é titular absoluto da equipe d Jair Ventura, suprindo uma carência que vinha desde o afastamento de Zeca, está emprestado ao clube até o final do ano com valor de compra fixado em 6 milhões de reais.

Com relação aos mexicanos, o Pumas, segundo o presidente Peres, ofereceu valores acima dos padrões brasileiro.

As duas outras equipes do México que também demostraram interesse em levar o volante são Puebla e Querétaro.

Sasha fora

Fora do jogo da última terça-feira (24), na Vila Belmiro, contra o Estudiantes, pela Copa Libertadores da América, o atacante Eduardo Sasha também desfalcará o Santos na partida da próxima semana, contra o Nacional, no Uruguai, e sequer viajará com a delegação.

Com dores no tornozelo, o jogador só deve voltar a atuar na partida do outro domingo, dia 6 de maio, contra o Grêmio, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Dessa forma, no jogo da Libertadores, o técnico Jair Ventura poderá novamente escalar Copete como titular. O colombiano, que ficou vários jogos afastado, voltou na última terça substituindo justamente Sasha e agradou ao treinador. Outra opção seria a entrada de Arthur Gomes.