O Palmeiras sempre vem sendo muito atento ao desempenho de seu atual elenco, pois o clube tem condições de trazer novos reforços, mas é claro que não fará nenhuma loucura trazendo diversos jogadores que não são necessários.

Por conta disso, contratar um novo reforço para o Palmeiras deve ser um trabalho minucioso e cuidadoso. Há 3 partidas, o Verdão não ganha, muito por conta de falhas de sua atual dupla de zaga, esta formada por Antônio Carlos e Thiago Martins.

Os dois zagueiros do Palmeiras foram muito elogiados no início do ano, por causa da boa campanha do Verdão no começo do Campeonato Paulista, mas agora caíram de rendimento e mostram que falta um homem de referência nesta posição.

Reforço vindo da Europa!

Apesar de setes jogadores no elenco principal para assumirem a posição, a diretoria do Palmeiras decidiu por buscar reforços fora do clube, dentro tem a possibilidade de usar Edu Dracena, Luan, Emerson Santos e Juninho. Porém, apesar destes poderem ser testados, a aposta do Verdão deve ser na chegada de um novo zagueiro.

A saída do colombiano Yerry Mina acabou afetando muito este setor defensivo do Palmeiras, pois apesar de ele ser um jovem atleta, tinha liderança e era a referência no setor defensivo, hoje é tratado como o 'zagueiro do futuro' do clubes espanhol Barcelona, ou seja, substituirá Piqué ou Umtiti, em um futuro próximo.

O diretor de Futebol Alexandre Mattos foi até o continente europeu, mais especificamente na França, para buscar reforços para a zaga do Palmeiras, um dos alvos em sua busca foi o Jemerson, de 25 anos, que joga no Mônaco, também é um dos alvos de Tite para ir à Copa do Mundo, defender a Seleção Brasileira.

Tem outro jogadores em vista do Palmeiras, mas nenhum outro nome foi divulgado como tão forte quanto esses. É evidente que existiram sondagens ao Thiago Silva, Dante, Miranda e o próprio Geromel, porém estes são improváveis, até porque os seus clubes não querem os liberá-los.

Quando vem?

O Palmeiras está buscando um zagueiro brasileiro no continente europeu, mas este só deve chegar depois do meio do ano, a não ser que o clube consiga fazer algum acordo, mas a janela de transferências europeias só abre quando acaba a temporada europeia [VIDEO].

A temporada europeia é diferente da brasileira, ela começa no meio de um ano e termina no meio do outro, por isso que, quando se quer contratar um jogador do continente europeu, é mais viável que seja no meio do ano, apesar de que no meio do ano também se abre a janela [VIDEO].