Nas últimas semanas a porta de saída da Vila Belmiro esteve bastante movimentada. Cléber Reis foi para o Paraná Clube, Romário voltou para o Ceará, Rodrigão se mandou para o Avaí e Leandro Donizete se acertou com o América Mineiro. Mas parece que agora os portões fecharam e, dois atletas que também estavam cogitados a mudarem de ares, seguirão na Vila Belmiro, mesmo no momento sendo pouco aproveitados por Jair Ventura.

A decisão foi tomada em reunião do Comitê de Gestão do clube.

O único time a formalizar uma proposta havia sido o Vitória, que estava interessado na contratação do goleiro Vladimir e também do atacante Copete. O Sport, por sua vez, havia feito apenas sondagens com relação ao goleiro, que já tinha manifestado o desejo de defender outro clube, uma vez que vinha tendo poucas chances na equipe. Nesta temporada ele participou de apenas uma partida, na derrota por 3 a 1 para o São Bento, pela rodada final da primeira fase do Campeonato Paulista, quando a comissão técnica optou por colocar uma formação totalmente reserva.

Este também foi o último jogo de Copete com a camisa alvinegra, que após ser vaiado pelos torcedores, pediu para ser negociado.

Vladimir foi revelado pelo próprio Santos, onde já está há dez anos. Aos 28 anos de idade, o goleiro nunca se firmou na equipe titular e com a grande fase de Vanderlei, que não deve ir à Copa do Mundo, dificilmente conseguirá ter uma sequencia de partidas. Seu contrato com o clube vai até 2020.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos PaixãoPorFutebol

Copete, por sua vez, começou a temporada em alta, sendo titular na primeira metade do Campeonato Paulista e as vezes até mesmo chegando a ser improvisado na lateral esquerda. Porém, seu rendimento caiu vertiginosamente e no jogo contra o São Bento, quando apenas reservas atuaram, ele começou no banco, entrou na segunda etapa e acabou ouvindo vaias vindas das arquibancadas. Com contrato até 2021, no início do ano ele foi sondado para retornar ao Atlético Nacional, da Colômbia, e também foi cogitado no Atlético Mineiro.

Esses sim, podem sair

Apesar de barrar a saída da dupla, dois jogadores ainda podem deixar a Vila Belmiro. O primeiro deles é o meia-atacante Rafael Longuini, que chegou a entrar em conversas com o Guarani, mas as equipes acabaram não se acertando na questão salarial. Já o lateral-esquerdo Caju, que chegou a ser titular em algumas partidas, mas perdeu espaço com a chegada de Dodô, deve ir para o futebol francês na metade do ano, tão logo a janela de transferência por lá seja aberta.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo