Depois de utilizar mais de 30 jogadores ao longo do Campeonato Paulista, o técnico Jair Ventura vai moldando o Santos à sua maneira e jogadores que não foram aproveitados ou que não agradaram ao treinador, aos poucos vão deixando a Vila Belmiro. Na semana passada, o Peixe já emprestou o zagueiro Cléber Reis ao Paraná Clube. Na última segunda-feira (9), foi a vez de Rodrigão se acertar com o Avaí [VIDEO], também por empréstimo, e o volante Leandro Donizete está bem encaminhado com o América Mineiro. Outros dois jogadores do elenco devem deixar a equipe nos próximos dias.

Um deles é o lateral-esquerdo Caju, que chegou a ter titular no Campeonato Paulista, mas perdeu espaço antes mesmo da chegada de Dodô, hoje o titular absoluto.

De acordo com o diário Lance!, que ouviu pessoas próximas ao lateral, a tendência é que Caju vá atuar no futebol europeu. Segundo a reportagem, a ideia dos dirigentes santistas é liberar o jogador, cujo contrato com o Peixe vai até 2019, mas ainda manter um percentual alto para um futura venda.

O jogador tem uma proposta da Bélgica, uma da Bulgária e outra de um time da primeira divisão da França. Aliás, o futebol francês quase foi o destino do jogador no meio do ano passado, mas atrasos na documentação impediram a concretização do negócio com o Lille antes do encerramento da janela de transferência e o atleta acabou retornando para a Vila Belmiro.

“Estamos aguardando ainda alguns detalhes antes de falarmos o nome do clube, mas é da primeira divisão francesa”, disse Anderson Franciscon, empresário do atleta.

Segundo ele, resta definir o valor fixado de compra e alguns detalhes para que então o nome da equipe francesa seja relevado.

Rafael Longuine

Outro jogador que também foi liberado para procurar outro clube [VIDEO] é o meia Rafael Longuine. Na temporada passada ele já havia jogado a segunda metade do Campeonato Brasileiro emprestado ao Coritiba. Fora dos planos da comissão técnica, o jogador ainda não entrou em campo neste ano e, ainda de acordo com o diário Lance!, desperta interesse de Sport Recife e Ceará. O jogador de 27 anos tem contrato com o Santos até 2021.

Com a saída desses atletas, a diretoria espera reduzir ainda mais a folha salarial e usar o dinheiro economizado para trazer novos reforços que possam ser mais usados pelo treinador. O presidente José Carlos Peres já havia dito que o Santos ainda procurava um volante, dois meias e um centroavante.

O Santos volta a campo no próximo sábado (14), quando recebe o Ceará, às 21 horas, no estádio do Pacaembu, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro.