Enquanto ainda busca reforços para a sequência da Copa Libertadores da América, e também para o início da disputa do Campeonato Brasileiro, que se avizinha, o Santos também trabalha para dar um destino para aqueles jogadores que pouco (ou nada) vem sendo aproveitado [VIDEO]s pelo técnico Jair Ventura.

Depois de acertar o empréstimo do zagueiro Cléber Reis ao Paraná, outro atleta que iniciou a temporada com o Peixe, e até fez gol, [VIDEO] irá defender uma equipe do sul do país neste segundo semestre. Depois de perder muito espaço na equipe, muito em função da forte concorrência para o setor, o alvinegro acertou o empréstimo do atacante Rodrigão para o Avaí, que irá disputar a Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogador, inclusive, viajou, nesta segunda-feira (9), para Santa Catarina, onde fará exames médicos e depois assinará com o clube da Ressacada, onde ficará até o final do ano com o time paulista arcando com parte de seus salários.

Esta não é a primeira vez que o Avaí tenta levar o jogador. Ainda no ano passado, quando o Leão ainda estava na Série A do Campeonato Brasileiro, houve um forte interesse, porém o Bahia acabou vencendo a concorrência. Na Fonte Nova, o jogador teve problemas de disciplina e acabou devolvido ao Santos antes do final do empréstimo.

Neste ano Rodrigão jogou cinco partidas, incluindo na estreia do Campeonato Paulista, no duelo em que o Peixe venceu o Linense por 3 a 0, tendo marcado um dos gols, seu único na temporada. Depois, com as chegadas de Eduardo Sasha e Gabriel, além da ascensão de Rodrygo, Diogo Vitor e Arthur Gomes, perdeu espaço e sequer foi relacionado para algumas partidas do Peixe.

Manter números do ano passado

Um jogador que também ficou bem perto de sair do Santos, porém as negociações com o Spartk da Rússia não deram certo e ele seguiu na Vila Belmiro, o zagueiro Luas Veríssimo, agora está totalmente focado no time do Santos e espera repetir os bons números do ano passado, quando esteve em campo em 60 dos 67 jogos que o clube fez na temporada. No último Brasileirão, ele esteve em campo em 34 das 38 rodadas.

No próximo sábado (14), o Peixe fará sua estreia na competição nacional, quando receberá o Ceará no estádio do Pacaembu, em data que também marca a celebração dos 106 anos do clube. Para a competição que está prestes a estrear, o defensor espera repetir os bons números de 2017. “Tive uma regularidade muito boa no ano passado, tanto que fui o atleta que mais atuou com a camisa do Santos na competição. Quero repetir este ano”, disse o camisa 28.