Na temporada passada, a torcida do São Paulo [VIDEO] deu um show, abraçando a equipe no momento mais complicado da temporada e lotando o estádio do Morumbi em seguidos jogos daquele Campeonato Brasileiro e fazendo o time quase beliscar uma vaga na Copa Libertadores da América de 2018. Na ocasião, a diretoria também fez sua parte, barateando o preço dos ingressos e dando a oportunidade para que o torcedor de menor poder aquisitivo também pudesse acompanhar de perto o Tricolor.

Neste ano, segundo uma política de responsabilidade fiscal dentro do clube, a diretoria reajustou o preço das entradas para os jogos da Copa do Brasil e também do Campeonato Paulista, porém, a partir do jogo contra o Atlético Mineiro, marcado para o dia 5 de maio, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, os preços dos ingressos voltarão a ser reduzidos.

E isso não se trata de uma promoção e os preços serão os mesmos praticados no ano passado. De acordo com a diretoria, a medida é para atender ao um pedido da torcida, maior patrimônio do clube. “Mais importante que a renda de bilheteria é saber que nossa torcida continuará ao nosso lado nos duelos no Morumbi”, escreveu o clube em nota oficial [VIDEO].

Assim os ingressos mais baratos, arquibancada superior amarela e laranja, custarão 20 reais (sendo 10 reais a meia entrada). Arquibancada superior verde, vermelha e também visitante pagarão 30 reais (15 meia). Os valores da entrada cheia para cadeiras superiores variam entre 30 e 14 reais. Para as cadeiras térreas inferiores os valores serão entre 20 e 50 reais.

Antes de receber o Galo, no entanto, o São Paulo jogará no Maracanã, no próximo domingo (29), contra o Fluminense, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Na competição, o time vem de uma vitória por 1 a 0 contra o Paraná e um empate sem gols diante do Ceará.

Ex-goleiro fica perto de acertar com o Benfica

Renan Ribeiro, que teve longa passagem pelo São Paulo, mas não conseguiu se firmar como titular após a aposentadoria de Rogério Ceni pode estar mudando de clube em Portugal. Atualmente jogando pelo modesto Estoril, o brasileiro desperta o interesse do Benfica, por onde já passaram Ederson, hoje no Manchester City, e o recém-aposentado Júlio César.

O Porto também observa o jogador, mas os Encarnados devem fazer uma proposta oficial pelo goleiro de 28 anos. Inclusive, em seu contrato com o Estoril, que é válido até 2020, existe uma clausula que facilita sua saída em caso de proposta de um grande clube. Último colocado do campeonato local, com apenas 26 pontos, o Estoril briga contra o rebaixamento.