Pelo jeito, o São Paulo vai acabar pagando para sua segunda maior contratação da temporada jogar em um adversário. É para esse caminho que aponta a negociação entre o Tricolor e o Vasco da Gama para a transferência do meia e atacante Diego Souza para o clube carioca, transação que está agitando o mercado da bola.

As conversas entre os dois clubes indicam que o time do Morumbi vai arcar com cerca de metade dos salários do jogador no caso do seu empréstimo ao clube de São Januário até dezembro deste ano – Diego Souza tem contrato com o clube paulista até o fim de 2019.

A despesa do São Paulo na negociação ficaria entre R$ 1,6 milhão e R$ 2 milhões.

Por outro lado, o clube economizaria esse mesmo valor já que não teria de pagar os vencimentos integrais a um atleta que, tudo indica, ficará encostado no elenco após a eliminação do clube da Copa do Brasil pelo Atlético Paranaense, na última quinta-feira, dia 19.

Jogador é ídolo no Vasco

Diego Souza é ídolo do Vasco, clube em que atuou em entre 2011 e 2012 e pelo qual conquistou a Copa do Brasil.

Já no São Paulo, nessa sexta-feira (20), um dia após a eliminação na Copa do Brasil, ele não treinou nem entre os reservas – trabalhou apenas na academia de musculação. O problema é que o clube cruzmaltino não tem condições de arcar com o salário integral do jogador, cerca de R$ 450 mil.

O clube carioca também viu acender a luz vermelha esta semana ao ser derrotado por 4 a 0 para o Racing Club, da Argentina, pela fase de grupos da Libertadores, também na quinta-feira, dia 19.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
São Paulo FC

O time do Rio de Janeiro ocupa a lanterna da sua chave com um ponto em três jogos. A diretoria vê urgência em reforçar o elenco para permanecer com chances de passar à próxima fase da competição continental e também fazer boa campanha no Brasileirão.

Tricolor quer revelação vascaína

A negociação entre São Paulo e Vasco já duram algumas semanas em banho-maria, mas esquentaram a partir de quinta-feira.

Ainda mais agora que o Tricolor tem uma competição a menos para disputar e, portanto, já não precisa de um elenco tão grande.

Em um dos lances mais recentes da negociação, o time do Morumbi propôs a inclusão na negociação do jovem Evander, meia de 19 anos revelado pelo clube carioca. Com passagens pelas Seleções Brasileiras de Base, tendo disputado o Sul Americano e o Mundial Sub-17 em 2015 (nessa última competição teve a companhia do zagueiro e lateral Tricolor Éder Militão), Evander é tido como um ativo no caixa do Vasco.

O clube pode relutar em cedê-lo, mas talvez proponha a inclusão de outro jogador no negócio. Evander e Diego Souza realizaram a mesma quantidade de partidas este ano. Foram 17 jogos, mas a jovem revelação do Vasco balançou as redes adversárias quatro vezes (dois gols no Campeonato Carioca e dois na Libertadores), enquanto o veterano são-paulino fez três gols, todos no Paulistão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo