Já não é novidade que a base do Santos [VIDEO] sempre deu um valoroso suporte ao time principal, o que pode ser visto nesta temporada, quando vários atletas vindos das categorias inferiores atuaram na equipe de Jair Ventura e alguns, casos de Rodrygo e Léo Cittadini, aproveitaram bem as oportunidades que apareceram e asseguraram uma vaga entre os titulares.

Todo esse processo tem participação da comissão técnica das categorias de base, que ficam de olho nas jovens promessas que despontam no interior de São Paulo e também no Brasil e semana após semana um novo talento é contrato para integrar os “Meninos da Vila”. E a mais nova aquisição da base santista é o goleiro Henrique Fernandes, de 18 anos.

O novo reforço chegará inicialmente para fazer parte da categoria sub 20. O jogador assinou contrato de formação – que é valido até ele completar 20 anos – até maio de 2019. Apesar da pouca idade, ele já defendeu a Portuguesa Santista, o Internacional de Limeira e o Fluminense. Santista de nascimento, ao chegar no clube, o jovem atleta disse que estar realizando um sonho.

“Por ser da cidade e ser santista fanático, é um sonho de criança que virou realidade”, disse o jogador que revelou que treinava três vezes ao dia para conseguir chegar até aqui. “Estou feliz demais pelo Santos me dar este oportunidade”, disse.

Outro jogador a assinar contrato [VIDEO] de formação com o clube foi o atacante Reyner, de 14 anos. Promovido à categoria sub 17, ele assinou vínculo válido até 12 de julho de 2019, quando completará 17 anos.

Antes de chegar à Vila Belmiro, ele já tinha jogado na base de Flamengo e Fluminense.

Ao assinar o contrato, a jovem promessa revelou que sempre teve a expectativa de jogar pelo Peixe e que busca consolidar uma história dentro do clube. “Sempre tive uma grande expectativa aqui. É um clube do qual eu sempre quis jogar”, disse.

Com novo técnico, Sub 20 busca reabilitação

Depois de ser eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil pelo Figueirense, o time sub 20 do Santos focou todas as suas atenções no Campeonato Paulista, porém a estreia no estadual também não foi positiva e o Peixe acabou derrotado, no CT Rei Pelé, pelo Santo André, pelo placar de 3 a 1.

Para espantar a má fase, a diretoria santista trouxe o técnico Rodrigo Leitão, que já conquistou vários títulos na base do Corinthians. Sua estreia deve acontecer já no próximo sábado (21), quando a equipe vai até o ABC desafiar o São Caetano, no Anacleto Campanella, pela segunda rodada do estadual.