Na Vivint Smart Home Arena, palco do quarto confronto da série melhor de sete envolvendo Utah Jazz e Oklahoma City Thunder, pela liga americana de Basquete, o time da casa empregou um forte ritmo ofensivo e não deixou espaços na defesa para o OKC, garantindo, desta forma, seu terceiro sucesso, na disputa à próxima fase do torneio, por 113 a 96, nessa segunda-feira (23).

Donovan Mitchell, cestinha da partida, fez 33 pontos e se tornou o calouro com maior desempenho no quesito da franquia, ultrapassando Karl Malone em duelos válidos pelos playoffs da NBA.

Para obter a classificação e dar sequência no campeonato, eliminando o rival da Conferência Oeste, o Utah precisa de mais uma vitória que atinge este objetivo.

Nesse duelo, o Jazz, treinado por Quin Snyder, foi à quadra com Joe Ingles, Derrick Favors, Rudy Gobert, Donovan Mitchell e Ricky Rubio. Os Thunders, do técnico Billy Donovan, tiveram uma formação inicial composta por Paul George, Carmelo Anthony, Steven Adams, Corey Brewer e Russell Westbrook.

Tentando se recuperar do dois a um sofrido no mesmo ginásio, por 115 a 102, no sábado (21), o Oklahoma City Thunder começou bem o primeiro quarto, Corey Brewer e Steven Adams abriram 5 a 0, mas Rudy Gobert tratou de equilibrar o encontro.

O francês deu uma bela enterrada, aproveitando passe de Donovan Mitchell. Depois o número 27 deu outra cravada. Dessa vez quem o serviu foi Joe Ingles. A igualdade na disposição das duas agremiações em não permitir facilidade nas infiltrações dificultava a finalização das jogadas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades NBA

Houve tocos para os dois lados, Mitchell foi parado por Corey Brewer e Russell Westbrook, impossibilitado por Gobert. A vibração da torcida a cada lance positivo a favor dos mandantes era muito intensa e acalorava o ânimo dos atletas, que vibravam bastante.

Westbrook, muito presente na marcação, também armou sua equipe e conseguiu pontuar. O camisa 0 fez bandejas deu assistências, acionou o Steven Adams no garrafão, mas Donovan Mitchell também exercia sua qualidade, armando, driblando e arremessando.

O placar após os 12 minutos sinalizava 30 a 24 para os visitantes.

No segundo período, o Utah levou a melhor, e passou à frente da contagem, com 58 a 52. Destaques para Ricky Rubio, distribuindo bem a bola, a boa contribuição de Derrick Favors, Donovan Mitchell com sua extrema habilidade encestando e Joe Ingles convertendo três arremessos do perímetro.

A terceira etapa serviu para o Utah Jazz ampliar sua vantagem diante do OKC.

O espanhol Ricky Rubio deu assistências para Derrick Favors e Gobert pontuarem pendurando-se no aro. Donovan Mitchell permanecia incrível.

Enquanto isso, o Thunder ia tentando responder com seu badalado trio ofensivo, mas sem conseguir se aproximar na contagem. Paul George se sobressaiu em relação a Carmelo Anthony e Russell Westbrook. Ao todo, ele fez 32 pontos nesta noite. A parcial foi 90 a 73 para o Jazz, quinto colocado durante a temporada regular, atrás do Oklahoma City Thunder, quarto lugar.

Para o período final, não faltaram disputas e provocações de ambas as partes. Jae Crowder, inclusive, foi excluído do confronto após acertar o braço esquerdo no rosto de Steven Adams, que tentava separar uma confusão entre ele e Westbrook, faltando 5 minutos e 30 segundos para terminar. O armador foi punido com uma falta técnica.

Paul George seguiu efetivo no ataque. Jerami Grant saiu do banco para tentar fortalecer o rendimento de seu time, mas pouco depois tomou um toco de Donovan Mitchell. Nesse período, o novato, nascido no dia 9 de julho de 1996 e draftado em 2017, matou duas bolas de três e assegurou, junto com o restante do elenco, mais um êxito, 113 a 96 no placar.

Agora Mitchell e seus companheiros só precisam de mais um resultado positivo diante do Oklahoma que conseguem eliminar o concorrente da competição. O quinto embate será nesta quarta-feira (25), às 22h30 (horário de Brasília), na Chesapeake Energy Arena.

Destaque individuais

  • Jazz - Donovam Mitchell, 33 pontos, 4 assistências e 7 rebotes; Joe Ingles, 20 pontos, 4 assistências e 3 rebotes; Ricky Rubio, 13 pontos, 8 assistências e 6 rebotes.
  • Thunder - Paul Goerge, 32 pontos, 2 assistências e 6 rebotes; Russell Westbrook, 23 pontos, 3 assistências e 14 rebotes (duplo-duplo); Carmelo Anthony, 11 pontos, 0 assistência e 6 rebotes.
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo