O Vasco Da Gama teve uma noite trágica essa quinta-feira (19). Com uma péssima atuação, o time foi goleado por um placar de 4 a 0 pelo Racing, da Argentina, e se complicou de vez na Libertadores. Restando apenas três jogos da fase de grupos, a equipe do técnico Zé Ricardo ainda não venceu na competição continental e segue com um único ponto conquistado até aqui no empate contra o Cruzeiro na segunda rodada, jogo que foi disputado no Mineirão.

Publicidade
Publicidade

O Racing lidera o grupo cinco com sete pontos. A Universidad de Chile empatou com o Cruzeiro também nessa quinta feira e ocupa o segundo lugar, com cinco pontos. Logo atrás em terceiro vem o Cruzeiro com dois pontos, também em situação ruim, e o Vasco segue na lanterna em situação pior. Além do baixo número de pontos, o saldo de gols da equipe vascaína é de menos cinco, o que dificulta muito a vida na competição.

Para pensar em classificação para a fase de mata-mata a esta altura, o Vasco da Gama precisa vencer os três próximos jogos e torcer por tropeços dos rivais concorrentes com nove pontos.

Vasco é goleado na Argentina e tem apenas um ponto na Libertadores
Vasco é goleado na Argentina e tem apenas um ponto na Libertadores

Se vencer os três, o Vasco pode chegar a dez pontos, um número baixo de pontos se tratando de classificação em Libertadores.

Apesar do placar desta quinta-feira, quatro a zero para o Racing, o time da casa teve várias chances de ampliar a vantagem e obter um resultado muito mais elástico. Embora o Vasco tenha perdido, o melhor homem em campo pela equipe do Vasco foi o goleiro uruguaio Martin Silva. A frágil e desorganizada defesa vascaína errou muito pelo setor esquerdo.

Publicidade

Por esse lado eram criadas as jogadas de ataque pelo Racing.

A defesa vascaína conseguiu cometer três pênaltis em um único jogo. Lisandro Lopez foi quem cobrou os três, dois deles Martin Silva defendeu. No terceiro, Martin saltou para o lado certo, mas a cobrança foi perfeita no cantinho e acabou entrando. Os outros três gols foram marcados por Centurión, Lautaro Martínez e Zaracho.

Após o jogo, na entrevista coletiva, o técnico Zé Ricardo lamentou o resultado e assumiu a responsabilidade.

O Vasco volta a campo no próximo domingo (22), às 16h (horário de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, quando enfrentará a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (Santa Catarina).

Pela Copa Libertadores da América, na próxima quinta-feira (26), às 21h30, enfrentará o mesmo Racing, em são Januário, na cidade do Rio De Janeiro, precisando pontuar mais do que nunca para seguir vivo na competição.

Leia tudo