Após o sábado de folga, o Fluminense se reapresentou na ensolarada manhã deste domingo no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, dando continuidade aos seus preparativos para estrear na Copa Sul-Americana na quarta que vem, às 21h45 (de Brasília), no Maracanã, enfrentando, na ocasião, o Nacional Potosi, da Bolívia. Depois de uma atividade física, os jogadores trabalharam as partes técnicas e táticas sob orientação de Abel Braga, que aproveitou para testar algumas possibilidades de mudanças no time titular.

A primeira alteração seria no sistema defensivo com a entrada de Reginaldo ao lado de Gum e Ibañez. Outro a ter possibilidade de ganhar uma oportunidade desde o início é Douglas, que formaria a dupla de volantes com Jádson. Caso agradem a Abel, Renato Chaves e Richard, ambos bastante criticados pela torcida após a derrota de 3 a 2 para o Vasco e consequente eliminação do Campeonato Carioca, iriam para o banco de reservas.

Mantendo o costume de integrar alguém da base aos profissionais, o goleiro Vinícius Garcia, do Sub-17, trabalhou firme com Júlio César e Rodolfo, substituindo o uruguaio Guillermo De Amores, que segue entregue ao departamento médico por conta de uma lesão muscular.

Antes do treino, o elenco recebeu uma visita especial. No Dia Mundial do Câncer, o garoto Roger, de apenas 17 anos, portador da doença ainda na infância e que recebeu esse nome como homenagem ao ex-meia formado no próprio Fluminense e, atualmente, comentarista do Sportv, Roger Flores, esteve presente e, convidado pelo atacante Marcos Júnior, acompanhou toda a atividade.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Logo em seguida, tirou uma foto ao lado dos jogadores e da comissão técnica para guardar como recordação.

Na segunda, o treinamento no CT Pedro Antônio será no período da tarde. Com essas indefinições de Abel Braga, o Fluminense entrará em campo tendo Júlio César; Renato Chaves (Reginaldo), Gum e Ibañez; Gilberto, Richard (Douglas), Jádson, Junior Sornoza e Ayrton Lucas; Marcos Júnior e Pedro.

Esta será a sétima participação do Fluminense na Copa Sul-Americana.

O seu melhor resultado veio na temporada de 2009, quando, após eliminar Flamengo, Alianza Atlético, do Peru, Universidad de Chile e Cerro Porteño, do Paraguai, sucumbiu na final para a LDU de Quito, do Equador, curiosamente a mesma algoz da Taça Libertadores da América do ano anterior.

Em 2017, o Tricolor também disputou o torneio continental, mas, depois de passar por Liverpool, do Uruguai, Universidad Católica e LDU, ambas de Quito, foi eliminado nas quartas-de-final para o arquirrival Flamengo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo