Por volta dos 40 minutos do segundo tempo, Pedro sentiu um incômodo na região da virilha direita e precisou ser substituído antes do encerramento da partida deste domingo, quando o Fluminense [VIDEO], no Maracanã, derrotou o Atlético-PR pelo placar de 2 a 0 em confronto da sexta rodada do Campeonato Brasileiro, causando apreensão nos pouco mais de nove mil presentes. Durante a entrevista coletiva realizada após a partida, o técnico Abel Braga falou sobre a situação do centroavante. Segundo o comandante, foi apenas um susto e o camisa 9 não deverá ser problema.

"O Pedro não preocupa. Reclamou do incômodo no intervalo, mas continuou jogando e não deve ser nada demais.

Com certeza estará em campo", disse o treinador.

Outro a dar o seu ponto de vista foi o médico do clube das Laranjeiras. Adotando um discurso cauteloso, Douglas Santos prefere aguardar os exames aos quais Pedro será submetido para dar um panorama melhor do caso.

"Sentiu uma dor no músculo anterior de coxa esquerda no último lance e a gente vai reavaliar mais tarde. Foi na última jogada ali, ele foi chutar e sentiu", resumiu.

Alçado como titular desde a saída de Henrique Dourado, Pedro iniciou a temporada debaixo de muita desconfiança da torcida. Os tricolores acreditavam que, por ser muito inexperiente, o atacante não teria força para suportar a pressão dos torneios. Essa visão, porém, modificou-se a partir do momento em que o camisa 9 garantiu a artilharia do último Campeonato Carioca e, com 13 gols, virou o principal goleador da equipe, além de contribuir em assistências para os demais companheiros também balançarem as redes adversárias.

Caso ocorra alguma surpresa de última hora e Pedro seja vetado, a tendência é que João Carlos, contratado junto à Cabofriense, seja o homem de referência do sistema ofensivo do Fluminense no desafio do próximo sábado, a partir das 16h (de Brasília), novamente no Maracanã, diante da Chapecoense.

Fazendo uma campanha até certo ponto surpreendente, o Flu [VIDEO], atualmente somando dez pontos, ocupa o quinto lugar no Brasileirão. Se vencer a Chape, o Tricolor das Laranjeiras poderá encerrar a sétima rodada do principal certame do Futebol nacional na vice-liderança. Para isso, necessitará torcer por tropeços de Flamengo (enfrenta, fora de casa, o Atlético-MG), Corinthians (encara, no Gigante da Beira-Rio, o Internacional) e Palmeiras, que recebe, no Allianz Parque, o Sport.