A novela Fabio Carille no Corinthians finalmente chegou ao fim. Agora há pouco, na noite desta terça-feira (22), o Al-Wehda, time da Arábia Saudita, anunciou em sua conta oficial no Twitter, a contratação do agora ex-técnico do Corinthians.

O contrato firmado com o treinador terá duração de duas temporadas. Conforme consta na publicação, o time dá as boas vindas ao novo treinador, que chega, segundo consta, com total apoio de Turki Al-Sheikh, o atual presidente e Autoridade Geral de Esportes, órgão mais importante ligado à prática de esportes no país.

Juntamente com ele, fazem as malas rumo ao oriente médio o preparador físico Waldir Cruz, bem como o auxiliar Leandro da Silva, conhecido no Corinthians como Cuca, e o olheiro Mauro da Silva.

Com a decisão tomada, Carille não terá um jogo de despedida no comando do Corinthians. A última partida em que ele comandou o time, ficou sendo o empate em um a um fora de casa, na Arena Pernambuco, contra o time do Sport de Recife, em partida válida pela sexta rodada do campeonato brasileiro, onde a equipe paulista ocupa agora a terceira posição, com os mesmos onze pontos do time do Flamengo, segundo colocado, e a apenas dois pontos do Atlético Mineiro, que atualmente se encontra na liderança isolada da competição com treze pontos.

Sem treinador

A equipe do Corinthians passa a ficar agora sem um treinador. Na partida contra o Millonarios, da Colômbia, em partida válida pela fase de grupos da Libertadores de 2018, na Arena Corinthians, em São Paulo, estará à frente da equipe, um velho conhecido da equipe, Osmar Loss [VIDEO].

O jogo vale pela sexta e última rodada da primeira fase da competição, onde o timão, já classificado, ocupa a liderança isolada com 10 pontos, tendo três vitórias em cinco partidas disputadas, seguido de um empate e uma derrota. No mesmo grupo encontram-se Independiente, com sete pontos, Deportivo Lara, com seis pontos e Millonarios, com cinco pontos.

Pouco conhecido no mundo do futebol, o time Al-Wehda disputou na temporada passada, 2017/2018, a segunda divisão do campeonato nacional, onde se sagrou o campeão do torneio. Carille também estaria sendo sondado pelo time Al-Hilal, também campeão, mas da primeira divisão local.

Fato é que a ida do treinador divide opiniões. O que se sabe é que o grande montante ofertado pelo emergente mercado árabe é sem dúvidas uma oferta tentadora para qualquer profissional. Resta saber a opinião do torcedor, diante destes fatos.