Definitivamente, a torcida do Santos perdeu a paciência com o time e sobretudo com o técnico Jair Ventura. Após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, neste domingo (27), para o Cruzeiro por 1 a 0, que foi a quarta em seis partidas disputadas, o que deixou a equipe na posição limite antes de entrar na zona de rebaixamento, os torcedores que compareceram ao estádio do Pacaembu protestaram bastante.

A manifestação, no entanto, durou apenas alguns minutos e o público deixou o estádio sem maiores problemas.

Também após o jogo, o vice-presidente Orlando Rollo voltou a bancar a permanência do técnico Jair Ventura na equipe. “O treinador segue, o Jair segue”, disse o dirigente em rápido contato com os jornalistas. Ele já tinha feito isso logo após a goleada sofrida para o Grêmio, no estádio Olímpico.

O presidente José Carlos Peres viajou junto com a delegação da Seleção Brasileira para a Inglaterra, onde ela seguirá sua preparação para a Copa do Mundo, por conta disso, dificilmente uma decisão sobre a permanência ou saída de Jair será tomada neste domingo.

Durante a semana, surgiu a informação de que durante a reunião do Comitê Gestor, alguns nomes de treinadores foram colocados na mesa, dentre eles o de Abel Braga, do Fluminense, e Zé Ricardo, do Vasco. O primeiro dificilmente deixaria o time das Laranjeiras, uma vez que ele tem como postura não trocar de clubes quando ainda tem contrato e o Tricolor briga pelas primeiras colocações no Campeonato Brasileiro. Já com Zé Ricardo a situação é um pouco diferente, e a má fase do Vasco, que neste domingo perdeu para o Bahia por 3 a 0, poderá culminar em sua saída.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Santos PaixãoPorFutebol

Aproveitamento ruim

Com o resultado negativo, o Santos acumula cinco derrotas nos últimos oito jogos. O time conseguiu a duras penas a primeira colocação em seu grupo na Copa Libertadores da América, e avançou para as quartas de final ao superar o fraco Luverdense, perdendo ainda o jogo de volta, quando atuou só com reservas. No entanto, a situação dentro do Campeonato Brasileiro que causa mais preocupação.

O Alvinegro soma os mesmos seis pontos que o Atlético Paranaense, que está na zona de rebaixamento, só ficando à frente por ter mais vitórias que o Furacão, que por sinal será seu próximo adversário, já na quinta-feira (31), na Arena da Baixada, em Curitiba.

Lembrando que o time paulista em um jogo a menos na competição. Na temporada, o Santos soma 12 vitórias, 12 derrotas e cinco empates.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo