A ''novela'' Lava-jato ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira. Agora foi a vez de um jogador famoso do Corinthians aparecer nesta investigação brasileira. Trata-se do atacante Emerson Sheik. Segundo informações do jornal O Globo, o doleiro Claudio Barboza, o Tony, delatou o profissional de futebol. Segundo ele, Sheik participou de uma transação no valor de US$ 500 mil (R$ 1,7 milhões na cotação atual), a partir de uma conta da Ásia. Essa quantia foi recebia no Brasil por eles.

E não para por ai. Ele também foi citado nas delações do Vinícius Claret, o Juca Bala, sócio de Tony. Mas nesse caso, ele não é alvo de investigação.

Essa operação, na qual Sheik está envolvido se chama ''Câmbio, desligo'' é um desdobramento da Lava-jato, e foi responsável por cerca de 45 mandatos de prisão na semana passada, em diversos lugares do Brasil e da América do Sul.

Os suspeitos participavam de um movimento chamado de ''Bank Drop''. Esse sistema consiste em mandar dinheiro para o exterior através de uma operação nomeada de ''dólar-cabo''. A ideia é mandar dinheiro para diversos lugares do mundo, nos quais o Banco Central não consegue rastrear. Por não haver nenhum registro desses câmbios, então é possível escapar dos impostos e das autoridades.

Segundo as investigações, cerca de 52 países participam dessas transações. Além disso, três mil empresas offshore estão envolvidas neste escândalo, que movimentaram US$ 1,6 bilhão (R$ 5,6 bilhões).

Essas companhias ficam em paraísos fiscais, nos quais conseguem esconder o verdadeiro dono do dinheiro depositado na conta.

Histórico de Sheik

Essa não é a primeira vez que o atacante está envolvido em algo deste tipo. No início da carreira, o atacante chegou a mudar sua identidade para conseguir ingressar nas categorias de base do São Paulo. Seu verdadeiro nome era Márcio Passos de Albuquerque, e a data de nascimento era dia 6 de dezembro de 1978. Mas sua mãe adulterou, tanto o nome de batismo, como o dia em que Sheik veio ao mundo.

Márcio Passos de Albuquerque virou Marcio Emerson Passos. Sua nova data de nascimento é dia 6 de setembro de 1981.

Vale ressaltar, que Emerson já deixou claro várias vezes o arrependimento pelo que fez. [VIDEO]Afirmou que se pudesse voltar atrás não teria feito dessa forma. Fora isso, já pediu publicamente que os jovens não repitam esse mesmo erro cometido por ele, naquela época.

Vitorioso

Apesar de todos os problemas, ele é considerado um cara vitorioso na carreira. Coleciona diversos títulos pelo futebol brasileiro, como: Mundial de clubes, Libertadores, tri-brasileiro, além de outras taças.