Tentando se manter alheio ao momento conturbado na política do clube, o elenco do futebol profissional do Fluminense realizou, na manhã deste sábado, no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, o seu treino final antes do confronto de domingo, às 19h (de Brasília), no Maracanã, diante do Atlético-PR, válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

A atividade durou pouco mais de uma hora e foi dividida em três partes.

Inicialmente, o técnico Abel Braga orientou a posse de bola e a movimentação dos jogadores, tanto defensiva quanto ofensivamente. Logo em seguida, dirigiu um trabalho em espaço reduzido. No fim, liberou o grupo para o tradicional recreativo de véspera de partidas, antes de comandar um treinamento de conclusões.

Após o treino, elenco e comissão técnica seguiram para o hotel que serve de concentração para o Fluminense e é localizado nos arredores do CT Pedro Antônio.

Existia a possibilidade de o zagueiro Roger Ibañez, recuperado de uma lesão muscular, sofrida ainda na primeira rodada do Brasileirão (derrota de 2 a 1 para o Corinthians, em São Paulo), voltar ao time. No entanto, alegando necessidade de aprimorar a parte física, Abel vetou o seu aproveitamento. Sendo assim, a tendência é pela manutenção o trio defensivo formado por Gum, Renato Chaves e Luan Peres.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Fluminense

Quem não vai a campo é Ayrton Lucas. Por conta de um estiramento muscular na coxa direita, acontecido no clássico da última segunda, quando o Fluminense, no Nilton Santos, perdeu de 2 a 1 para o Botafogo, o jovem lateral-esquerdo só poderá ser novamente aproveitado depois da próxima Copa do Mundo, na Rússia. Marlon será o seu substituto.

Outra novidade deve vir no ataque. Apresentando um desempenho bem aquém em relação ao início da temporada, Marccos Júnior corre o risco de ser barrado.

Nesse caso, Pablo Dyego, Robinho e Matheus Alessandro disputariam a preferência do técnico Abel Braga para formar a dupla com o artilheiro da equipe, Pedro.

Diante dessa dúvida, o provável Fluminense para domingo é o seguinte: Júlio César; Renato Chaves, Gum, Luan Peres; Gilberto, Richard, Jádson, Junior Sornoza e Marlon; Marcos Júnior (Matheus Alessandro ou Pablo Dyego ou Robinho) e Pedro.

Somando sete pontos, o Flu, no momento, ocupa o nono lugar e uma vitória sobre o Furacão (denominação popular do Atlético-PR) pode levar a agremiação das Laranjeiras a ficar muito perto do G-4, grupo dos classificados para a próxima Taça Libertadores, do Brasileirão.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo