O Cruzeiro conseguiu mais uma importante vitória pela Libertadores, na noite dessa terça-feira (22), com uma partida muito disputada no primeiro tempo, mas no segundo, ficou bem morno. A torcida compareceu ao Mineirão e viu o time celeste vencer o Racing por 2 a 1, na última rodada da chave.

O Cruzeiro só precisou de 10 minutos para marcar dois gols. Com isso, o torcedor chegou a pensar que seria uma goleada, mas o time adversário logo tratou de reagir.

Publicidade
Publicidade

Antes do intervalo, Centurión marcou e esfriou o jogo. Na volta do intervalo, os times não conseguiram manter o ritmo do primeiro tempo e não houve mais gols.

Cruzeiro e Racing já estavam classificados para as oitavas. Então, a disputa foi pela ponta e o campeão mineiro foi quem se deu bem, chegando aos 11 pontos, assim como o adversário, só que no saldo de gols ficou na frente.

Para a próxima fase da Libertadores será realizado um sorteio no dia 4 de junho, em Assunção, direto da sede da Conmebol.

Publicidade

Na chave da Raposa, quem ficou com a terceira posição foi o Vasco. O Cruzeiro tem colocado apenas o time reserva nos jogos do Campeonato Brasileiro, investindo pesado na Libertadores.

Inclusive, o técnico Mano Menezes contou com Thiago Neves e Edílson, só que o lateral-direito, que vinha se recuperando de uma lesão, ficou no banco, enquanto o meia enfrentava um problema na panturrilha, mas ele entrou em campo para ajudar os colegas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Cruzeiro

Eduardo Coudet teve vários problemas na escalação do Racing, não podendo contar com o volante Nery Domingues e o zagueiro Leonardo Sigali. Renzo Saraiva, lateral-direito, também não participou do jogo.

Cruzeiro poderia ter vencido de goleada

O time mineiro perdeu várias oportunidades de ampliar o placar. Assim que o jogo começou, Robinho lançou Sassá, que seguiu pela direita e fez um cruzamento perfeito, enganando a zaga e Thiago Neves conseguiu tocar e colocar a bola no fundo da rede.

Apenas 2 minutos depois e Thiago teve a chance de marcar mais um, ficando de frente para o goleiro. Porém, resolveu fazer uma cavadinha e se complicou, perdendo uma ótima chance.

O Cruzeiro continuou atacando e, aos 10 minutos, Lucas Silva desarmou a marcação, avançou e chutou de fora da área. Com o placar marcando 2 a 0, o torcedor do time celeste enlouqueceu e começou a pedir mais gols, querendo golear o Racing.

Publicidade

Só que aos 27 minutos, a defesa do time mineiro vacilou feio e os visitantes não perderam a oportunidade. Solari levantou e a defesa não se posicionou bem, deixando Centurión livre para colocar a bola na rede.

Já no final da partida, quando o Racing foi com tudo pra cima do Cruzeiro, buscando o empate, Fábio mostrou porque é um dos ídolos da torcida e garantiu a vitória.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo