O Cruzeiro conseguiu mais uma importante vitória pela Libertadores, na noite dessa terça-feira (22), com uma partida muito disputada no primeiro tempo, mas no segundo, ficou bem morno. A torcida compareceu ao Mineirão e viu o time celeste vencer o Racing por 2 a 1, na última rodada da chave.

O Cruzeiro só precisou [VIDEO] de 10 minutos para marcar dois gols. Com isso, o torcedor chegou a pensar que seria uma goleada, mas o time adversário logo tratou de reagir.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Antes do intervalo, Centurión marcou e esfriou o jogo. Na volta do intervalo, os times não conseguiram manter o ritmo do primeiro tempo e não houve mais gols.

Cruzeiro e Racing já estavam classificados para as oitavas.

Então, a disputa foi pela ponta e o campeão mineiro foi quem se deu bem, chegando aos 11 pontos, assim como o adversário, só que no saldo de gols ficou na frente.

Para a próxima fase da Libertadores [VIDEO]será realizado um sorteio no dia 4 de junho, em Assunção, direto da sede da Conmebol. Na chave da Raposa, quem ficou com a terceira posição foi o Vasco. O Cruzeiro tem colocado apenas o time reserva nos jogos do Campeonato Brasileiro, investindo pesado na Libertadores.

Inclusive, o técnico Mano Menezes contou com Thiago Neves e Edílson, só que o lateral-direito, que vinha se recuperando de uma lesão, ficou no banco, enquanto o meia enfrentava um problema na panturrilha, mas ele entrou em campo para ajudar os colegas.

Eduardo Coudet teve vários problemas na escalação do Racing, não podendo contar com o volante Nery Domingues e o zagueiro Leonardo Sigali.

Renzo Saraiva, lateral-direito, também não participou do jogo.

Cruzeiro poderia ter vencido de goleada

O time mineiro perdeu várias oportunidades de ampliar o placar. Assim que o jogo começou, Robinho lançou Sassá, que seguiu pela direita e fez um cruzamento perfeito, enganando a zaga e Thiago Neves conseguiu tocar e colocar a bola no fundo da rede.

Apenas 2 minutos depois e Thiago teve a chance de marcar mais um, ficando de frente para o goleiro. Porém, resolveu fazer uma cavadinha e se complicou, perdendo uma ótima chance.

O Cruzeiro continuou atacando e, aos 10 minutos, Lucas Silva desarmou a marcação, avançou e chutou de fora da área. Com o placar marcando 2 a 0, o torcedor do time celeste enlouqueceu e começou a pedir mais gols, querendo golear o Racing.

Só que aos 27 minutos, a defesa do time mineiro vacilou feio e os visitantes não perderam a oportunidade. Solari levantou e a defesa não se posicionou bem, deixando Centurión livre para colocar a bola na rede.

Já no final da partida, quando o Racing foi com tudo pra cima do Cruzeiro, buscando o empate, Fábio mostrou porque é um dos ídolos da torcida e garantiu a vitória.