O técnico Diego Aguirre ganhou mais um “reforço” para a sequência do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-Americana. Na verdade, não se trata de uma nova contratação do São Paulo, mas a volta de um atleta que esteve ausente nas duas últimas semanas. Ele já volta a treinar junto com os “novos velhos” companheiros nesta semana, no CT da Barra Funda.

Depois de treinar por 15 dias no Rennes, da França, onde até havia a possibilidade de sua contratação, o lateral-esquerdo Júnior Tavares não agradou os dirigentes do clube e está de volta ao Morumbi. Em nota oficial, os franceses afirmaram que o jogador confirmou “todas as suas qualidades”, porém o tempo que esteve por lá não foi suficiente para “validar com certeza o comprometimento do jogador”.

Isso não significa, no entanto, que os europeus tenham desistido completamente de contratá-lo e os clubes seguirão em contato para avaliar uma possível negociação futura.

No ano passado, o jogador teve um início de temporada bastante promissor no São Paulo, mas depois caiu de rendimento, mesmo assim ainda despertou interesse de times de fora. De volta ao Tricolor, o lateral terá que trabalhar muito para reconquistar a titularidade, uma vez que agora é a terceira opção, atrás de Reinaldo e Edimar.

Financeiramente, o retorno do jogador não foi de todo ruim para o São Paulo, uma vez que o Rennes não estava disposto a pagar de imediato pela contratação do atleta.

Vetou saída de jovem jogador

Autor do gol que garantiu o empate contra p Bahia em 2 a 2 – e consequentemente a condição de único invicto no Campeonato Brasileiro – no último domingo (13), o meia Shaylon por pouco não deixou o São Paulo.

Isso só não aconteceu por conta de um veto do técnico Diego Aguirre, que espera que o jovem atleta siga por muito tempo vestindo a camisa do Tricolor.

“Me perguntaram muitas vezes sobre a possibilidade dele sair, e eu falei que não”, disse o uruguaio, que ainda teceu elogios ao atleta, não apenas por sua postura dentro de campo, como também fora das quatro linhas. “É um menino espetacular, trabalha em silêncio, um profissional excelente” disse.

Com a semana toda de folga para trabalhar, o São Paulo volta a campo apenas no próximo domingo (20), quando recebe o Santos, às 16 horas, no estádio do Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com quatro empates e uma vitória, o time ocupa a décima segunda posição na tabela de classificação com sete pontos ganhos.