Na ensolarada manhã deste sábado (5) no Rio de Janeiro, o Fluminense [VIDEO] encerrou a sua preparação para o compromisso deste domingo (6), às 16h (de Brasília), no Barradão, em Salvador, diante do Vitória-BA, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Em atividade realizada no campo 1 do CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, o técnico Abel Braga deu atenção total à parte tática, enfatizando simulações de jogo e aos lances de bola parada.

Depois de cumprir suspensão no último final de semana (empate de 1 a 1 com o São Paulo, no Maracanã), Gilberto retoma a titularidade na lateral-direita e Léo indo para o banco.

Por outro lado, Gum, reclamando de dores musculares, ficará de fora. A tendência é pela entrada de Luan Peres.

Outra possível mudança é a saída de Frazan. Caso Abel deseje manter o esquema de três zagueiros, Nathan Ribeiro, apresentado nessa sexta-feira (4), pode fazer a sua estreia. Existe ainda a possibilidade de o volante Richard ser recuado para o sistema defensivo e Dodi, volante trazido junto ao Criciúma, também ganhar uma oportunidade ao lado de Jádson e Júnior Sornoza.

No início da tarde, a delegação embarcou para a capital do estado da Bahia. Diante de várias indefinições, o provável Fluminense para buscar a primeira vitória fora de casa e não se distanciar do grupo dos mais bem colocados do Brasileirão é o seguinte: Júlio César; Renato Chaves, Luan Peres e Nathan Ribeiro; Gilberto, Richard, Jádson, Sornoza e Ayrton Lucas; Marcos Júnior e Pedro.

Aclimatação para Sul-Americana será em Sucre

Após o Vitória-BA, o Fluminense terá outro importante desafio. Na quinta, a partir das 21h45 (de Brasília), enfrentará o Nacional Potosi e os 4 mil metros de altitude da cidade da Bolívia na partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana.

Para minimizar os efeitos do ar rarefeito da Cordilheira dos Andes, a delegação retornará ao Rio no domingo e, na terça-feira (8), segue para Sucre, outra localidade boliviana e que fica a quase 3 mil metros de altitude, ficando por lá até horas antes do jogo.

Como venceu no último dia 11 de abril por 3 a 0, no Maracanã, o Fluminense [VIDEO] avança para a próxima fase do torneio até perdendo por dois gols de diferença. Se balançar as redes, derrotas por três gols também servem. Se o Nacional devolver o placar da ida, haverá disputa de pênaltis.

Conquistando a Sul-Americana, o Fluminense, que já disputou essa competição em seis oportunidades, obtendo, como melhor resultado o título de vice no ano de 2009, garante presença na Taça Libertadores de 2019.