Chegou o grande dia para os amantes de futebol de todo mundo. A final da Champions League, em Kiev, na Ucrânia, deve parar o mundo do futebol neste sábado (26). Afinal, estarão em campo os dois melhores times do continente da atualidade. Liverpool e Real Madrid [VIDEO] são donos dos melhores ataques da competição.

O Liverpool tem o melhor ataque com 40 gols, e o Real Madrid marcou 30 vezes. Cristiano Ronaldo, do time espanhol, é o maior goleador com 15 gols, seguido pelos três atacantes da equipe inglesa, Mohamed Salah e Roberto Firmino, com 10 gols cada, e Sadio Mané, autor de nove gols.

Os dois times também são donos das maiores goleadas do campeonato.

O Liverpool por duas vezes bateu seus adversários por 7 a 0. As vítimas do poderio ofensivo dos The Reds foram o Maribor, time da Eslovênia, e o Spartak Moskya, da Rússia.

O Real aplicou a terceira maior goleada do campeonato ao vencer o Apoel, do Chipre, por 6 a 0. Todos os jogos pela fase de grupos. Os números comprovam que os times têm aptidão para o ataque.

O Real, maior vencedor da história da competição com 12 conquistas, busca o terceiro título consecutivo do torneio, fato que só ocorreu três vezes na história da Champions League, tendo sido o próprio time de Madrid o primeiro a realizar tal façanha.

Na segunda metade da década de 1950, quando a Champions começou a ser disputada, o time Merengue reinou soberano, vencendo as primeiras cinco competições, de 1956 a 1960. Depois disso foi a vez do Ajax, da Holanda, comemorar o tricampeonato com os títulos de 1971, 1972 e 1973, fato repetido pelo Bayer de Munique nos anos 1974, 1975 e 1976.

Já o Liverpool busca sua 6ª taça da Champions, tendo conquistada a última em 2005. Portanto, o time da terra da rainha tem a chance de voltar ao topo da Europa após 13 anos.

A final da Champions em Kiev é marcada por um jogo sem favorito e que pode entrar para a história

A final da Champions neste sábado não tem favorito, ambos os times jogam em busca do ataque. Portanto, pode-se esperar um jogo aberto, haja vista os quatro principais artilheiros da competição estarem em campo. Além disso, os técnicos Zinedine Zidane, do Real Madrid, e Jurgen Klopp, do Liverpool, são exímios amantes do jogo aberto.

O retrospecto das duas equipes até aqui é muito parecido. O Real tem oito vitórias, dois empates e duas derrotas, fez 35 gols e sofreu 15. O Liverpool venceu sete partidas, empatou outras quatro e perdeu uma. Ao todo, marcou 40 gols e sofreu 11.

Outro fator de semelhança é o fato dos dois clubes não terem comemorado nenhum título na atual temporada. Trata-se, portanto, da última possibilidade de levantar uma taça, esta a mais importante da Europa.

Essa será a segunda decisão de Champions League entre os dois clubes. A primeira ocorreu em 1981, em jogo disputado em Paris, na França. A partida foi vencida pelo Liverpool por 1 a 0, com gol marcado pelo lateral esquerdo Alan Kennedy aos 82 minutos de jogo.

Se os técnicos não promoverem mudanças de última hora os times devem entrar em campo com as seguintes escalações:

Real Madrid: K. Navas, Lucas Vázquez, Sergio Ramos, R. Varane e Marcelo; Casemiro, T. Kroos, Marco Asensio e L. Modric; Cristiano Ronaldo e Benzema.

Liverpool: L. Karius, Van Dijk, D. Lovren, A. Robertson e Clyne; Henderson, Milner e Wijnaldum; Sadio Mané, Roberto Firmino e Mohamed Salah.

O jogo está marcado para as 15h45min (horário de Brasília). No território nacional, será transmitido [VIDEO] pela Rede Globo, canal aberto, e pelo canal Esporte Interativo, canal fechado. Outra opção são as 180 salas de cinema espalhadas por todo o país que também irão passar a partida.

Promessa de um grande espetáculo a todos os amantes da arte futebolística.