Depois de muita expectativa e até certo mistério, o técnico Tite revelou os 23 jogadores que irão integrar a delegação da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia de 2018. O anúncio foi feito em uma cerimônia na tarde desta segunda-feira e o treinador, brevemente, fez o anúncio dos nomes.

Entre os três goleiros, nenhuma surpresa. O atual goleiro titular e destaque da Roma, semifinalista da atual Champions League, Alisson, foi o primeiro nome citado. Ederson, do Manchester City, será o segundo goleiro. O terceiro nome ainda gerava mistério e dúvidas, mas Cássio foi chamado.

A lateral-direita, na última semana, sofreu uma enorme baixa com a perda de Daniel Alves [VIDEO], que teve uma lesão no joelho disputando a final da Copa da França com o PSG.

Exames detectaram que ele terá de ficar afastado por cerca de seis meses, logo, fora do Mundial da Rússia. Com isso, Tite chamou Danilo e Fagner - seu velho conhecido dos tempos de Corinthians.

No miolo de zaga, pouca surpresa. Geromel, do Grêmio, confirmou a expectativa de convocação pelo grande momento que vive e fará companhia aos já conhecidos Miranda, Marquinhos e Thiago Silva.

Marcelo, é claro, foi o nome absoluto da lateral-esquerda e será o titular do Brasil na disputa da Copa do Mundo. O seu reserva imediato será Filipe Luís, do Atlético de Madrid, que teve uma lesão na perna esquerda no mês de março, mas conseguiu se recuperar em tempo disponível para estar na Copa.

Os homens da parte mais defensiva do meio campo serão Casemiro, Paulinho, Fernandinho e Fred. Em termos de criação, Tite chamou Philippe Coutinho, Renato Augusto e Willian - o primeiro e o último têm características de jogadores de lado e velocidade.

Para o ataque, poucas surpresas. Tite levou em conta o grande momento do Liverpool, classificado à final da Champions League diante do Real Madrid, e anunciou o nome de Roberto Firmino. Gabriel Jesus e Neymar, como já era de se esperar, também estão na lista. Douglas Costa e Taison foram os últimos nomes.

Tite ainda tem uma lista de 12 suplentes enviada à Fifa para o caso de uma eventualidade. Ele não anunciou todos os nomes, mas abriu uma exceção e disse que colocou o zagueiro Dedé, do Cruzeiro, entre os 12. O técnico elogiou o poder de recuperação e a atual fase do atleta depois de sucessivas lesões no joelho.

Repercussão e datas

A convocação final do Brasil para a Copa do Mundo [VIDEO] dominou os assuntos nas redes sociais no início da tarde desta segunda-feira. Até mesmo o presidente da República Michel Temer se comunicou através do seu Twitter pessoal e desejou muita sorte à seleção comandada pelo técnico Tite.

"Já temos a seleção para a Copa do Mundo na Rússia. Agora, Tite e equipe, com todo respeito aos nossos anfitriões e amigos russos e com humildade, por favor tragam o caneco para casa", twittou Temer, "cobrando" com bom humor um grande resultado na Rússia a partir do próximo mês.

Antes do início da Copa, o Brasil faz mais dois amistosos. Contra a Croácia, no dia 3, em Liverpool, e diante da Áustria, em Viena, no dia 10, em Viena. Marcado pelo 7x1 da Alemanha, o último Mundial traz ao Brasil seis remanescentes do torneio de 2014: Marcelo, Thiago Silva, Fernandinho, Paulinho, Willian e Neymar.

No dia 11 de junho, o Brasil começa a sua preparação em Socchi, na Rússia, já de olho na Copa. A estreia da seleção pentacampeã na Copa será no dia 17 contra a Suíça. Depois, no dia 22, o rival será a Costa Rica, em São Petesburgo. No fechamento do Grupo E, em Moscou, o adversário será a Sérvia.

O adversário de uma eventual oitavas de final sairá do forte Grupo F, que reúne as seleções da Alemanha, do México e da Coreia do Sul.