O Corinthians sempre esteve muito ativo no mercado e neste ano, inclusive, esteve atrás de fechar um contrato com um 'camisa nove' para o elenco, pois era a principal deficiência do elenco alvinegro nesta temporada.

Hoje em dia, os jogadores que são considerados como estrelas internacionais acabam sendo negociados por valores muitos altos, há quem diga que o Neymar mudou uma era no Futebol após ser negociado por quase R$ 1 bilhão, com isso as equipes consideraram que não é um absurdo investir grandes quantias em alguns atletas.

Clubes europeus são os que, de longe, têm maiores poderios financeiros para contratar, por mais que alguns chineses consigam investir grandes bagatelas por conta da política instaurada na China, onde empresas são isentas de impostos se investirem em alguns clubes de futebol, para incentivar o crescimento do esporte no país.

Contratação astronômica!

Ao começo da temporada, muitos atletas foram especulados no Corinthians, inclusive algumas estrelas internacionais, mas a diretoria da equipe tem consciência que o clube não pode fazer investimentos sem limites, pois existe uma grande dívida de quase R$ 2 bilhões e muito dinheiro tem que ser economizado.

Por conta disso que o presidente Andrés Sanchez já declarou que não deseja fazer investimentos em jogadores já consagrados, muito por isso que o clube acabou desistindo da contratação de Salomon Rondón, centroavante venezuelano que havia sido especulado no Timão no mês de abril.

O camisa nove pertence ao West Browimich, mas este foi rebaixado na Premier League e já deve ser vendido ao West Ham, que deve investir quase R$ 80 milhões para ter o jogador de 28 anos, ou seja, com isso fica a lição de que o Corinthians, provavelmente, não conseguiria contratar o atleta nesta temporada.

Investimento pesado!

Investimentos como estes não estão ao alcance do Timão, que preferiu apostar na contratação do centroavante Roger, que pode muito bem fazer a função de 'homem de área' e não custou caro ao Alvinegro de Itaquera.

No momento, o Timão não tem Roger como o titular absoluto, apenas para alguns jogos que ele é utilizado, assim como contra o Palmeiras, quando o camisa nove foi reserva e no ataque ficou a dupla Pedrinho e Romero, que conseguiu quebrar a defesa palmeirense, utilizando a velocidade e juventude de ambos [VIDEO].

Pedrinho e Romero formam uma grande dupla e isso impressionou, inclusive, ao técnico Fábio Carille [VIDEO].