O Flamengo, [VIDEO] assim como outros times que estão jogando a Copa Libertadores da América, vem encarando nas últimas semanas uma pesada maratona de jogos, que cessará apenas na parada para Copa do Mundo da Rússia. Depois de garantir sua passagem para as quartas de final da Copa do Brasil, o Rubro-Negro agora luta para também avançar na Copa Libertadores da América e pensando nisso, o técnico Maurício Barbieri poupará alguns jogadores para o duelo contra a Chapecoense, neste domingo (13), na Arena Condá, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, o qual é líder com 10 pontos em quatro jogos.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Flamengo

Não irão viajar para Chapecó o goleiro Diego Alves, o zagueiro Réver, e os meias Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro. Eles ganharão um descanso para o jogo decisivo da próxima quarta-feira (16), quando o Rubro-Negro recebe o Emelec do Equador podendo garantir vaga na segunda fase da Copa Libertadores.

Diego, que desfalcou o time nos últimos jogos estará de volta, assim como o zagueiro Rhodolfo, que estava entregue ao Departamento Médico.

Defesa sólida

O empate sem gols contra a Ponte Preta, nesta quinta-feira (10), que garantiu passagem para as quartas de final da Copa do Brasil, também garantiu uma importante marca para o Flamengo, mais especificamente para sua defesa. Como não teve sua meta vazada na partida, o Rubro-Negro chegou a marca de 540 – ou seis jogos – sem fazer gols, igualando uma marca do início da temporada de 2012.

Antes de passar invicta contra a Macaca, a defesa flamenguista também havido tido eficiência total nos jogos contra Santa Fé, pela Copa Libertadores, Ceará, no jogo de ida da Copa do Brasil contra a Ponte, e contra o Internacional. Em 2012 o time passou os jogos contra Macaé, Real Potosi da Bolívia, Olaria, Botafogo, Madureira e Nova Iguaçu sem sofrer um gol sequer.

Barbieri invicto

Outra marca expressiva é com relação ao técnico [VIDEO] Barbieri, que ainda não perdeu dirigindo o Flamengo: foram quatro vitórias e quatro empates. “Não são oito jogos invictos do Maurício Barbieri. São oito jogos do Flamengo. Temos vários profissionais envolvidos”, disse o treinador, que por enquanto ainda é interino e preferiu se esquivar quando foi questionado se irá ser efetivado. “É uma decisão da direção”, respondeu.

Mesmo com a classificação para as quartas da Copa do Brasil assegurada, Barbieri não gostou da atuação da equipe contra a Ponte Preta. Para ele, faltou o jogo fluir. “A Ponte teve uma postura mais conservadora, mas não desempenhamos o jogo como esperávamos”, disse o treinador.