Na noite dessa quinta feira (10), o Fluminense se classificou para a segunda fase da Copa Sul-Americana. Foi na atitude de Potosí, na Bolívia, partida válida pelo jogo da volta da primeira fase do torneio.

O Tricolor perdeu a partida por 2 a 0, mas no jogo de ida, o Fluminense venceu por 3 a 0, assim se classificando para a segunda fase.

Publicidade
Publicidade

O time que o Fluminense enfrentará na segunda fase vai ser decidido por sorteio.

O técnico Abel Braga, em entrevista coletiva após a partida, elogiou muito a equipe, parabenizou os jogadores que, mesmo na altitude, conseguiram se classificar, na garra e na vontade. Ele elogiou muito também a equipe de logística do Fluminense.

O técnico ainda criticou a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), dizendo que é desumano colocar um time para jogar em Potosí.

Fúlio César e Sornoza vão bem na classificação do Fluminense
Fúlio César e Sornoza vão bem na classificação do Fluminense

Ele disse que não tem critérios para jogar em cidades assim, beneficiando muito o time mandante e tornando quase impossível os clubes visitantes de jogarem lá.

Os atacantes Marcos Junior e Matheus Alessandro não foram relacionados para a partida, pois passaram mal no hotel por conta da altitude. A logística do Fluminense foi atrapalhada, pois de início o Tricolor iria ficar na cidade de Sucre, se preparando para a altitude de Potosí.

Porém, por conta de protestos de trabalhadores que ocorrem na Bolívia, teve que ficar na cidade de Santa Cruz de la Sierra, no nível do mar, e viajou no dia da partida para Potosí, atrapalhando ainda mais a situação dos jogadores.

Publicidade

Os atletas do Fluminense fizeram cinco seções de oxigênio, no hotel, aquecimento, antes da partida, no intervalo e uma depois do jogo.

Mesmo assim, a maioria dos jogadores passou mal, como o lateral-esquerdo Ayrton Lucas e o atacante Pablo Dyego, que saíram durante a partida, pois não aguentaram jogar os 90 minutos.

Na tarde desta sexta feira (11), a delegação tricolor voltará ao Rio de Janeiro. Ela chegará por volta das 13 horas (de Brasília). A torcida está preparado uma recepção para os jogadores, que é mais do que merecida.

Depois que o time passou, o mínimo que a torcida pode fazer é recepcionar a equipe no aeroporto.

Os torcedores estão muito orgulhosos de sua equipe, pois sabem o que passou no jogo, entendeu o que os jogadores sofreram para se classificar. A torcida sabe que a equipe é limitada e não tem muitos nomes, mas a garra que o time está mostrando é de deixar qualquer torcedor feliz. Assim, os jogadores vão conquistando o espírito tricolor novamente e a confiança da torcida.

Publicidade

O Fluminense volta a jogar na segunda-feira (14), agora contra o Botafogo, partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio do Engenhão, às 20 (horas de Brasília).

Leia tudo